Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

“Bem-vindos a 2018: Seja parte do mundo IFRO” é tema de recepção em Ji-Paraná

Publicado: Quarta, 07 de Fevereiro de 2018, 11h30 | Última atualização em Quarta, 07 de Fevereiro de 2018, 11h30 | Acessos: 1043

Ji Paraná Início do Ano Letivo 3Atividades de recepção e volta às aulas foram realizadas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Ji-Paraná. Para receber alunos novatos e veteranos, o projeto “Bem-vindos a 2018: Seja parte do mundo IFRO” proporcionou momentos de interação, lazer e informação a todos.

No primeiro momento, a Coordenação de Assistência ao Educando deu boas-vindas aos alunos novatos dos cursos técnicos integrados ao ensino médio. Também foram realizadas dinâmicas de apresentações e foi explicado o que é a CAED, além de apresentar algumas normas do IFRO. Em seguida, os alunos foram convidados a conhecer a infraestrutura da escola em parceria com grupos de alunos veteranos. Já os coordenadores de curso explicaram brevemente o perfil de cada curso.

Todos os alunos foram encaminhados ao auditório para fala da Direção-Geral e da Diretoria de Ensino. No local eles ainda e assistiram uma apresentação musical da banda do campus. Segundo a Coordenadora do Projeto, Sônia Carla Gravena Cândido da Silva, que é Pedagoga/Supervisão no Campus Ji-Paraná, “considerando a missão institucional da Coordenação de Assistência ao Educando de favorecer o acesso, a permanência e o êxito dos alunos na Instituição, o presente projeto visou criar um ambiente favorável à permanência do aluno na instituição”.

O Campus Ji-Paraná oferta os seguintes cursos técnicos integrados ao Ensino Médio: em Química, em Florestas e em Informática, mais a Licenciatura em Química, a Graduação em Engenharia Florestal e o Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Emilly Pereira Barboza está iniciando o Técnico em Informática e diz esperar ganhar muita experiência, além de “usufruir do curso e assim conseguir futuramente um bom trabalho e uma boa faculdade, principalmente nessa área. Ouvi falar muito bem dessa instituição, por isso me interessei em cursar o Ensino Médio aqui. Como já fiz cursos de informática e gosto muito de assuntos relacionados à tecnologia, eu me identifiquei mais ainda nessa área”.

Durante a atividade de recepção realizada pelo campus, a estudante do 1º ano Técnico em Química, Kamilly Nazaro Costa, explicou ter também recebido boas referências em relação ao IFRO. Ela diz que sempre se interessou pela área de química, pois “quero fazer medicina. Então, cursar o curso técnico aqui vai me ajudar a me preparar melhor para a faculdade”,  afirmou.

Marta Betânia Ferreira Carvalho concluiu o Curso Técnico em Florestas no Campus Ji-Paraná e agora está na Engenharia Florestal. “Estavamos precisando muito desse curso na região, por conta de haver muitos técnicos florestais formados. Assim, essa é uma oportunidade para que os alunos não precisem ir para um local distante e ficarem longe de sua família para continuar nessa área”, afirma Marta.

Outro egresso do Técnico em Florestas que ingressou no curso de Engenharia Florestal é Matheus Favaro Moreira. Para ele, “o técnico florestal aprende a executar atividades propostas com pessoas leigas no campo, já na Engenharia Florestal iremos trabalhar para pensar e não apenas executar, pois antes de tudo o profissional analisa os prós e os contras na realização de qualquer tipo de atividade, como a viabilidade, o tempo de serviço, a equipe técnica, entre outros”.

Sobre a possibilidade de verticalização do conhecimento, oferecido pelo Campus Ji-Paraná do curso técnico à faculdade, Matheus considerou uma grande vantagem para a região. Ele conta que não foi fácil conseguir a vaga: “o IFRO, além do ensino, abrange a pesquisa e a extensão, e como quis desenvolver atividades em todas essas áreas, o Núcleo Comum não foi meu maior foco. Por conta disso, mesmo possuindo uma média boa, consegui ser selecionado apenas na 3ª chamada, mas estou muito feliz por ter conseguido”, comemora o novo acadêmico. 

 

Fim do conteúdo da página