Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projeto do Calama realiza formação profissional em corte e costura na Aldeia Indígena Karitiana

Publicado: Quinta, 25 de Novembro de 2021, 18h13 | Última atualização em Quinta, 25 de Novembro de 2021, 18h15 | Acessos: 80913

 Lançamento do cursoO Projeto Laços de Parente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Porto Velho Calama, está oferecendo um Curso de Formação Inicial em Corte e Costura em parceria com a Associação do Povo Indígena Karitiana AKOT PYTIM Adnipa – APK. O projeto é coordenado pela Professora Iranira Geminiano de Melo.  

Contemplado pelo Edital 3/2021, da Pró-Reitoria de Extensão (Proex/IFRO), em que havia previsão de seleção de cinco projetos com a finalidade de proporcionar geração de renda para populações vulneráveis durante a pandemia de covid-19, por meio de qualificação profissional em cursos de corte e costura e produção de vestuário, a ação conta com apoio do Departamento de Extensão (Depex/Calama).

Cada projeto contemplado recebeu 15 máquinas, sendo dez de costura reta industrial; três máquinas tipo overlock e duas máquinas galoneiras, compondo o conjunto. Esses equipamentos ficarão sob a responsabilidade e supervisão do Departamento de Extensão para a realização deste e de futuros cursos, de forma a não se manterem ociosos, conforme prevê o edital.

Os encontros estão ocorrendo na escola da Comunidade Karitiana, localizada cerca de 100 km da capital, sentido Acre. O curso terá 160 horas de duração que foram divididas em dois núcleos, um básico e outro profissionalizante, que ofertam as disciplinas relacionadas à cidadania, matemática financeira e empreendedorismo, mais noções de materiais têxteis e equipamentos de costura; modelagem de peças básicas; corte e costura de máscaras; de peças básicas dos vestuários infantil, masculino e feminino e corte e costura de peças íntimas.

 “Durante o curso são realizadas aulas dialogadas com base no modelo de aprendizagem proposto pela Andragogia (ciência de auxiliar adultos a aprender). Os professores buscam despertar a curiosidade para os conteúdos do curso e resolução de situações-problema, facilitando o processo de ensino e aprendizagem”, salienta a Professora Iranira.

Além dos equipamentos, o projeto também disponibilizou os materiais necessários ao desenvolvimento do curso, como o pagamento de bolsas de três estudantes que atuam no apoio ao desenvolvimento do projeto. Acompanham o projeto os bolsistas Brenda Custódio de Souza, Camila de Souza Eleamen e Fabio Koiti Tazo.

Acompanhada pela coordenadora, além de outros quatro professores selecionados por edital, segundo Iranira “essa ação tem se constituído em mais uma atividade que aproxima o IFRO e a comunidade Karitiana, possibilitando que se encontrem alternativas para a promoção de seu desenvolvimento e fortalecendo seus conhecimentos na organização produtiva”.

Como parte da programação, a disciplina Mulher e Cidadania foi planejada com o objetivo de acolher as mulheres em um ambiente de criação de oportunidades para reflexão, integração e troca de experiências de vida, com vistas à valorização, à reflexão e ao registro das trajetórias individuais; como também ao planejamento do futuro a curto, médio e longo prazos.

Matemática Financeira tem a finalidade de promover a organização em diversas áreas, especialmente na gestão dos materiais adquiridos e das vestimentas a serem produzidas. Noções de Empreendedorismo aborda o significado de empreender, sensibilizando a comunidade a se organizar para a futura comercialização da produção.

As disciplinas do Núcleo Profissionalizante foram planejadas visando assegurar um aprendizado diversificado da produção de vestimentas, possibilitando a turma pensar em uma moda Karitiana, bem como a empregabilidade no âmbito da fabricação de roupas em Porto Velho.

Estão sendo capacitadas 24 mulheres e dois homens. Com a previsão de formatura para o próximo dia 17 de dezembro, o curso é desenvolvido pela equipe dos professores José Claudenilson Karitiana (Mulher e Cidadania); Ednilson Silva Souza (Matemática Financeira); Felipe Rafael Araújo Vieira (Noções de Empreendedorismo) e Simone Maria de Oliveira, que ministra as disciplinas do Núcleo Profissionalizante. Também fazem parte da equipe colaboradora a co-orientadora do projeto, Monnike Yasmin Rodrigues do Vale, mais participação da Coordenadora de Formação Inicial e Continuada do Campus Calama, Lígia Silvéria Vieira da Silva, e dos servidores Xênia de Castro Barbosa e Tiago Lins de Lima.

Outra finalidade do projeto Laços de Parente é a de investigar os indicadores de covid-19 no município de Porto Velho, com vistas à publicação de artigo científico para disseminar conhecimento e dar visibilidade às ações do projeto.

  • Lançamento_do_curso
  • corte_e_costura_8
  • corte_e_costura_9
Fim do conteúdo da página
--> /**/
Consentimento para o uso de cookies
Este site armazena cookies em seu computador. Os cookies são usados para coletar informações sobre como você interage com nosso site e nos permite lembrar de você. Usamos essas informações para melhorar e personalizar sua experiência de navegação e para análises e métricas sobre nossos visitantes. Se você recusar, suas informações não serão rastreadas quando você visitar este site. Um único cookie será usado em seu navegador para lembrar sua preferência de não ser rastreado.