Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Porto Velho Calama tem curso de curso de robótica e cultura maker

Publicado: Quarta, 10 de Julho de 2019, 13h03 | Última atualização em Sexta, 12 de Julho de 2019, 11h55 | Acessos: 595

IMG 5935O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Porto Velho Calama, está realizando o projeto de ensino Curso de Robótica e Cultura Maker com a nova Tecnologia Micro:bit. A atividade visa oferecer às estudantes participantes a oportunidade de uma atividade extracurricular com o objetivo de fortalecer a liderança feminina na inovação de base científica e tecnológica.

Iniciado no dia 27/06, a ideia do projeto é tornar as alunas inventores através da tecnologia micro:bit, incentivando-as a criar soluções tecnológicas para resolver problemas da sociedade e, assim,  ajudar o próximo através da tecnologia. Coordenam as atividades os professores do Campus Porto Velho Calama, Felipe Nogueira Matos e Daniela Toda, com a colaboração do professor de Robótica Educacional, Tiago Cauassa, que faz formação para o uso adequado da nova ferramenta educacional.

Segundo o professor do Curso Técnico Integrado em Informática, Felipe Matos, a atividade utiliza a metodologia “Learning by doing”. “O micro:bit mede 5x4 cm (medindo metade de um cartão de crédito ou metade de um arduino) e agrega toda uma gama de componentes para rapidamente permitir a criação de simples programas capazes de interagir com o usuário, com o ambiente. O objetivo da micro:bit é facilitar o ensino de linguagem de programação e o tornar tão prático quanto possível”, explica.

O docente do Calama ainda diz que a placa didática possui indicadores impressos, apontando a função de cada componente (botão, pinos, processador, USB, acelerômetro etc.), havendo referências sobre o quanto ajudou crianças e jovens em geral a aprender sobre programação e empoderamento por meio da tecnologia, especialmente em relação ao público feminino. “No início da aula, houve um momento com a terapeuta holística Naiara Florencio, a qual abordou técnicas de equilíbrio do corpo, mente e alma, trazendo muito mais qualidade de vida e evolução pessoal. Durante a aula, abordamos conceitos de robótica, movimento maker, metodologias ativas e linguagem de programação. As alunas foram estimuladas a trabalhar de forma colaborativa na montagem dos projetos e no uso da linguagem de programação, priorizando o trabalho em equipe e respeitando as diversidades relacionadas ao grupo”.

As participantes do curso são as “Little Programmers”. Elas integram o grupo Ada Code - Menina Digitais de Rondônia, que é um programa de incentivo ao fortalecimento feminino na área da computação, vinculado à Sociedade Brasileira de Computação.

  • IMG_5849
  • IMG_5850
  • IMG_5866
  • IMG_5887
  • IMG_5897
  • IMG_5906
  • IMG_5933
  • IMG_5935
  • IMG_5958
Fim do conteúdo da página
/**/