Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO tem representantes no desafio “Meninas na Ciência”

Publicado: Quarta, 08 de Agosto de 2018, 12h40 | Última atualização em Quarta, 08 de Agosto de 2018, 12h40 | Acessos: 689

Meninas na Ciência 2

Entre as 41 alunas de cursos técnicos e superiores de todo o Brasil que participaram do Desafio de Projetos “Meninas na Ciência”, estava uma representante do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia). O evento foi realizado pelo Instituto Federal de Brasília (IFB), de 7 a 11 de agosto, durante o ConectaIF 2018, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Divididas em quatro equipes, dos conteúdos de Matemática, Física, Química e Biologia, ao final as participantes produziram um ou mais protótipos de experimentos ou equipamentos para utilização em laboratórios para estudantes do ensino médio. A acadêmica do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Campus Porto Velho Calama, Raaby Liandry de Souza Teixeira, esteve no projeto sob orientação do professor de Biologia, Antonio dos Santos Júnior.

“O evento foi uma experiência única, de encontrar todas as meninas do Brasil, as melhores da ciência dos Institutos Federais, em Brasília. Além de ter uma troca cultural muito grande, por elas virem de todos os cantos do país, estamos aprendendo a trabalhar em equipe, de diversas áreas, não só da informática, mas da física, da biologia, da matemática, juntando tudo isso para fazer um produto que auxilie na educação”.

Durante o ConectaIF, o docente do IFRO ainda proferiu a conferência sobre a Educação para o Século XXI, no dia 09/08, para professores do GDF (Governo do Distrito Federal), juntamente com professores de outros institutos federais.

Mesmo o Desafio de Projetos não sendo uma competição, a equipe organizadora e os mentores selecionaram cinco alunas (uma de cada região do país) para voltar a Brasília em outubro para apresentar os resultados do projeto na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que, neste ano, terá como tema “Ciência para redução das desigualdades”. O Desafio de Projetos “Meninas na Ciência” é um projeto de pesquisa financiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

As estudantes com idade entre 17 e 26 anos de idade representaram as 41 instituições que compõem a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Elas produziram protótipos de experimentos ou equipamentos que poderão ser utilizados em aulas do ensino médio das quatro disciplinas envolvidas no Desafio. As propostas também colaboram com três Objetivos de Desenvolvimentos Sustentáveis (ODS) da Agenda 2030 estipulada pela ONU e com duas metas do Plano Nacional de Educação (PNE), que envolvem Educação de Qualidade, Igualdade de Gênero e Redução de Desigualdades.

Fim do conteúdo da página