Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Calama certifica formandas dos cursos de eletricista instaladora predial e pintoras de obras imobiliárias

Publicado: Sexta, 12 de Agosto de 2022, 14h32 | Última atualização em Sexta, 12 de Agosto de 2022, 14h35 | Acessos: 29007

Formandos e equipe de professores

Em uma cerimônia que contou com autoridades representantes da direção do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), o Campus Porto Velho Calama promoveu na noite de 10 de agosto a certificação de 48 alunas que concluíram os cursos de eletricista instaladora predial de baixa tensão e pintoras de obras imobiliárias.

Embora a certificação tenha sido feita nessa etapa, as alunas continuarão sendo acompanhadas pela equipe de supervisão dos cursos até fevereiro do próximo ano, para inseri-las no mercado de trabalho, buscando intercâmbio e parcerias entre instituições e empresas privadas do campo da engenharia e da construção civil, conforme explicou a professora Sari Possari, coordenadora do projeto no Campus Porto Velho Calama.

Beatriz Barros da Silva, que representou a turma do curso de eletricista instaladora predial, afirmou que nos três meses de curso muitas mulheres se esforçaram, sobremaneira, para vir e concluir o curso. Beatriz disse que vai continuar estudando as normas técnicas, fazendo cursos específicos e até pensa em lecionar sobre a matéria.

 Brigitte Silva tem 18 anos, é solteira, e veio no ano passado da Venezuela com um tio e a avó Rosa Isbel Perez Cana. Sem trabalho, soube do curso de pintoras de obras imobiliárias por meio da Internet. Tinha dificuldade com a língua, mas conta que pouco a pouco foi vencendo essa barreira e o convívio com as colegas amenizou as dificuldades de comunicação. A avó Rosa Isbel, que também está se formando como pintora de obras imobiliárias, representou a turma. Para ela, “tudo vale a pena quando nos propomos e podemos fazer, nada é impossível. O curso do IFRO é uma ferramenta para o trabalho”, afirmou. Durante sua fala, agradeceu a oportunidade por representar as companheiras e afirmou que “a educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o mundo”. Também citou o desafio e a superação para as mulheres que falam espanhol.

Em seguida, as formandas receberam os certificados que foram entregues pelas autoridades que compuseram a mesa da cerimônia. O coordenador-geral do Projeto Mulheres de Origem, Jeferson Cardoso Silva, disse que o projeto foi gestado em 2020 pela equipe do IFRO de Porto Velho e de Guajará-Mirim. Em Guajará foi promovido um curso de salgadeiras. Disse que é gratificante receber as formandas e perceber a transformação que o curso pode trazer à vida delas, preparando-as para novos desafios.

 Representando a Direção-Geral do Campus Calama, a professora Xênia de Castro Barbosa, parabenizou a todas que se formam nos cursos que escolheram, superando as dificuldades como a de ter de trazer os filhos, negociar horários e, mesmo assim, se dedicaram. Desejou que os cursos possam abrir portas e proporcionar outras oportunidades de aprendizagem. Também elogiou o trabalho da professora Monnike Yasmin Rodrigues do Vale, chefe do Departamento de Extensão do Campus Calama.

O Pró-Reitor de Extensão Substituto, professor Sérgio Francisco Loss Franzin, cumprimentou as alunas e lembrou a luta e as articulações na busca de recursos para se conseguir amparar os projetos. Sérgio desejou para que todas as certificadas se fortaleçam para conseguir os espaços que quiserem.

Representando o Reitor Substituto do IFRO, Carlos Henrique dos Santos, o Pró-Reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação, Gilmar Alves Lima Júnior, lembrou o trabalho em conjunto e a articulação junto aos campi para a implantação do projeto. Disse ser gratificante participar da cerimônia cujo objetivo principal é o de ver as pessoas que retornam à sociedade qualificadas, com formações pelas quais muitas tiram o seu sustento.

Os cursos fazem parte do Projeto Mulheres de Origem, que proporciona qualificação para o mundo do trabalho e é destinado a mulheres de baixa renda, imigrantes, ou que estejam em vulnerabilidade econômica, realizado em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres (SNPM), do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

  • As_venezuelanas_Rosa_Perez_-_oradora_da_turma_de_pintura_e_sua_neta_Brigitte_também_formanda
  • Beatriz_Barros_da_Silva_-_oradora_da_turma_de_eletricistas
  • Formandas_do_curso_de_eletricistas
  • Formandos_e_equipe_de_professores
  • Professor_Gilmar_Alves_Lima_Juniror_representando_Reitor_do_IFRO
  • Professora_Xênia_Castro_Barbosa_representando_a_direção_geral_do_Campus_Calama
  • Solenidade_Certificação_Cursos_Pintoras_de_Obras_Imobiliárias_e_Eletricista_de_baixa_tensão
  • formandas_de_pintura
Fim do conteúdo da página
Consentimento para o uso de cookies
Este site armazena cookies em seu computador. Os cookies são usados para coletar informações sobre como você interage com nosso site e nos permite lembrar de você. Usamos essas informações para melhorar e personalizar sua experiência de navegação e para análises e métricas sobre nossos visitantes. Se você recusar, suas informações não serão rastreadas quando você visitar este site. Um único cookie será usado em seu navegador para lembrar sua preferência de não ser rastreado.