Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projeto de Pesquisa do IFRO Calama mostra o panorama da evolução da pandemia de covid-19 em Rondônia

Publicado: Segunda, 06 de Julho de 2020, 12h28 | Última atualização em Segunda, 06 de Julho de 2020, 12h28 | Acessos: 6745

Panorama graficosUm projeto de pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Porto Velho Calama, tem por finalidade oferecer informações precisas sobre a evolução da pandemia de covid-19 em Rondônia. Denominado “Portal Panorama Covid-19”, está publicado no endereço eletrônico http://panoramacovid.ifro.edu.br/.

A proposição foi da coordenação do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Campus Porto Velho Calama e do Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento de Sistemas e Internet das Coisas (GPMecatrônica). De acordo com um dos coordenadores da equipe, Rafael Pitwak, o objetivo da pesquisa foi o de levar informações importantes sobre o contágio e o desenvolvimento da epidemia no Estado, de forma simples e precisa. O site ainda busca facilitar o acesso e a compreensão por parte da população, realizando a sensibilização quanto aos aspectos da prevenção necessária.

Segundo Pitwak, o GPMecatrônica, junto com o Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, vem atuando em pesquisas como Internet das coisas em Plataformas Livres de Automação, Sistemas computacionais, Engenharia de Software, Inteligência Artificial, Tecnologias Educacionais e Geoprocessamento, desenvolvendo pesquisas aplicadas e atividades de disseminação do conhecimento. Atualmente o grupo desenvolve projetos relacionados à Robótica Educacional, sendo pioneiro e referência no estado de Rondônia na realização de pesquisas, cursos e competições na área de Robótica Educacional. E o líder do GPMecatrônica é o representante da OBR (Olimpíada Brasileira de Robótica) no estado.

Portal Panorama Covid-19

A pesquisa do Portal Panorama Covid-19 iniciou-se no mês de março, com um cronograma de execução proposto até o mês de junho. Assim, semanalmente, foram sendo levantadas informações junto à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), sobre a evolução da pandemia entre casos ativos e pessoas recuperadas. O levantamento aborda os casos incidentes em todos os municípios do estado, incluindo a contagem de infectados por gênero masculino e feminino. Com essas informações, foi montado um banco de dados, com utilização da tecnologia MySql.

Por fim, foi realizada a disponibilização das informações no referido portal que traz em sua página central o número de casos ativos da pandemia; óbitos e recuperados, distribuídos em gráficos, apontando um total de 21.970 casos tabulados até o final do mês de junho. A equipe espera que o material levantado possa minimizar e contribuir com ações de combate à pandemia, ao tempo em que são desenvolvidas novas tecnologias e o aprendizado em sua aplicação.

Para conhecer mais o projeto, clique AQUI.

Fim do conteúdo da página
-->