Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Alunos do Curso de Agronegócio participam de palestra sobre cooperativas de crédito

Publicado: Terça, 07 de Mai de 2019, 16h47 | Última atualização em Terça, 07 de Mai de 2019, 17h19 | Acessos: 685

Campus Cacoal Palestra 4

Acadêmicos do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio, ofertado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Cacoal, participaram no dia 24 de abril de uma palestra sobre cooperativas de crédito.  A atividade prática compõe a grade de ações da disciplina de Cooperativismo e Associativismo, ministrada pela Professora Neila Giron.

Na oportunidade, os estudantes receberam a visita do Gerente-Geral do Sicoob Fronteira, Edvaldo Ferreira Rodrigues, que em sua fala abordou temas como cooperativismo de crédito, sobre o princípio dessa filosofia no Brasil, como se deu inicialmente e como se encontra na atualidade frente ao conselho monetário nacional, ao Banco Central e como vem crescendo no país. “A presença do Gerente-Geral Edvaldo foi de suma importância para nossos alunos, pois eles puderam ouvir relatos acerca da prática de questões abordadas teoricamente em sala de aula”, disse o Coordenador do Curso Joel Martins Braga Junior.

Neila ressalta que pretende desenvolver mais ações como a proposta. Já está sendo planejada uma roda de conversa com gerentes de outras cooperativas de crédito e cooperativas cafeeiras da cidade. Também está sendo programada uma visita técnica a um produtor de café, visando o conhecimento das questões de tecnologia e inovação.

Teoria e Prática

O Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio visa à formação de profissionais aptos a atender às necessidades crescentes do mercado, adequado à realidade do desenvolvimento tecnológico, inserido no contexto sociorregional, desenvolvendo também noções básicas de empreendedorismo e possibilitando o prosseguimento de estudos em nível de pós-graduação. Neste contexto, é essencial aliar atividades teóricas às práticas, visando fortalecer o perfil que se espera dos egressos.

Dentro da disciplina de Cooperativismo e Associativismo, a Professora Neila trabalhou toda a parte teórica da disciplina, onde os alunos debateram os conceitos a respeito dos conteúdos pertencentes ao componente curricular, desde o contexto histórico até o período atual, sobre cooperativismo e ativismo rural.

Os alunos foram desafiados a estruturar uma cooperativa. Dentro dos ramos do cooperativismo, professora e alunos, no intuito de corroborar com a prática profissional dos futuros tecnólogos, optaram pelo ramo do agronegócio. Dentre os objetivos da atividade desenvolvida, estava o fomento ao agronegócio e a capacitação dos alunos, de modo que adotem práticas que encorajam oportunidades equitativas aos pequenos e médios produtores. “Entender o quanto é importante praticar o cooperativismo, a solidariedade, visando o bem comum para que a nossa sociedade se desenvolva”, elucidou Neila.

A atividade motivou os alunos, pois a maioria deles tem familiaridade com o meio rural, uma vez que muitos são filhos de pequenos produtores. “A disciplina de Cooperativismo e Associativismo Rural é uma das mais importantes da nossa grade, pois é dessa forma que os pequenos e médios produtores ganham força em face dos grandes produtores e proprietários de terra, então esta atividade/estudo dirigido é relevante, pois podemos simular como implantar uma associação e/ou cooperativa, e como gerenciar esses meios, focando na área do agronegócio. A presença do Edvaldo também foi de suma importância para o entendimento das atividades e fluxogramas das cooperativas”, relatou Bruno Henrique Silva Rodrigues, estudante do 5º Semestre do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio.

  • Campus_Cacoal_-_Palestra_1
  • Campus_Cacoal_-_Palestra_2
  • Campus_Cacoal_-_Palestra_3
  • Campus_Cacoal_-_Palestra_4
  • Campus_Cacoal_-_Palestra_5
Fim do conteúdo da página
-->