Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Alunos do Técnico em Administração Concomitante concluem curso com a realização do Projeto de Ensino Empreendedorismo e Inovação na Prática

Publicado: Sexta, 17 de Setembro de 2021, 11h04 | Última atualização em Sexta, 17 de Setembro de 2021, 11h04 | Acessos: 214849

1.1As turmas de 2019/2 do Curso Técnico em Administração Concomitante (matutino e vespertino) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Porto Velho Zona Norte, concluíram o curso com a realização do Projeto de Ensino Empreendedorismo e Inovação na Prática.

O projeto foi desenvolvido de forma interdisciplinar, envolvendo as disciplinas de Empreendedorismo e Técnicas de Recepção, Atendimento e Cobrança, entre os meses de agosto e setembro. O objetivo foi desenvolver a inovação e o empreendedorismo de forma prática com os discentes, mesmo em período de aulas remotas, utilizando os conteúdos trabalhados nas duas disciplinas e as ferramentas tecnológicas disponíveis.

Durante o projeto, cada turma foi dividida em quatro equipes, e desenvolveram quatro modelos de negócios empresariais no ramo alimentício: Açaiteria, Espetaria, Hamburgueria e Pizzaria.

Em uma das etapas os alunos elaboraram uma pesquisa de mercado, por meio do Google Forms. A pesquisa foi aplicada à comunidade externa, entre os dias 1 a 3 de setembro, e teve mais de 1.600 participações no total. Muitos alunos utilizaram as redes sociais como Facebook e Instagram para alcançar o público participante da pesquisa.

Outra etapa importante do projeto foi o Bate-Papo Empreendedor, que aconteceu no dia 31 de agosto e contou com a participação do Empreendedor Felipe Gaspar, do Sushi Ichiban, uma das empresas pioneiras de comida oriental no sistema delivery na cidade de Porto Velho, que já atua há cinco anos. Felipe compartilhou a sua história empreendedora e como iniciou o negócio com apenas R$ 250.

“Eu tinha recebido o acerto do meu último emprego, era sushiman em um grande restaurante da cidade. Precisava escolher entre continuar trabalhando para os outros ou ser dono do meu próprio negócio. Comprar o rancho para casa ou arriscar e investir tudo o que tinha. Mas graças a Deus tive o apoio da minha família e da minha esposa, que me incentivou desde o início nessa decisão, e deu tudo muito certo, hoje já são mais de cinco anos entregando Sushi de qualidade com preço justo a população da capital”, contou Felipe Gaspar da Sushi Ichiban aos alunos.

Discente do Curso Técnico em Administração Concomitante (vespertino), Emily de Lima Ereira Nobre, avalia: “pode-se dizer que foi uma das etapas que mais adorei do projeto, poder escutar alguém falando de como abriu o seu próprio negócio desde o início, de como ele teve que se adaptar às novas mudanças por conta da pandemia, é algo que eu admiro de coração, me senti inspirada pra querer abrir meu próprio negócio”.

No dia 8 de setembro, as equipes apresentaram a ideia empreendedora desenvolvida durante o projeto, com o plano de negócios, identidade visual (logomarca) e um cardápio personalizado de acordo com a opinião do público que colaborou na pesquisa de mercado.

Sobre participar do projeto, os alunos comentaram: “primeiramente agradeço a oportunidade que os professores juntamente com o IFRO nos proporcionaram com essa experiência incrível que foi esse projeto, assim mostrando o vasto mundo do empreendedorismo. E nos dando sempre a chance de colocar em prática todo nosso conhecimento adquirido ao longo dessa jornada. Até mesmo possibilitando entrar em contato com verdadeiros empreendedores, e com toda certeza foi um grande impulso para quem sabe incentivar futuros empreendedores no Brasil”, diz Juliana Araujo Ximenes, do Curso Técnico em Administração Concomitante (matutino).

Segundo Rebeka Karolyne Piquiá Soares, do Curso Técnico em Administração Concomitante (vespertino), foi uma honra a participação no Projeto Empreendedorismo e Inovação na Prática, pois “acrescentou muitos conhecimentos, além de ter despertado um sonho que eu já havia esquecido, abrir a minha própria empresa”.

“É imprescindível destacar que o projeto impulsionou os alunos à prática de desenvolvimento de uma empresa, um estabelecimento gastronômico, que possibilitou um acompanhamento muito próximo de todo o processo de projeção de uma empresa de médio porte. Foram etapas complexas, mas de muitos aprendizados, em que nós alunos podemos experimentar por um minuto quais as preocupações de um empreendedor e, as etapas pelas quais as pequenas e grandes empresas passam antes de se estabelecerem no mercado”, completa Rebeka.

Na avaliação da Professora Caren Stela, foi uma felicidade ver o engajamento dos alunos em cada etapa do projeto. “O distanciamento social não foi um empecilho para a realização das atividades, em cada aula percebíamos o quanto as equipes estavam empenhadas. Tenho certeza que foi um período de muito aprendizado para todos que se envolveram, percebemos isso na apresentação final das equipes. Aliás, essa apresentação foi um show a parte, além dos resultados alcançados com o projeto, os alunos abriram o coração e falaram o quanto o IFRO contribuiu para o crescimento profissional, abrindo portas no mercado de trabalho através do estágio e proporcionando novas experiências”. Ela ainda ressaltou como foi emocionante o encerramento e parabenizou a todos que participaram.

Para o Professor Guilherme Tadaki, que também é o Coordenador do Curso Técnico em Administração Concomitante, “a ideia do projeto foi comprada pelos alunos, que agarraram essa oportunidade de finalizar o curso com chave de ouro e não mediram esforços para atender aos prazos e atividades previstas no cronograma. O resultado reflete toda a dedicação que os alunos tiveram nesses dois meses de aula”.

Os estudantes agradeceram aos professores, coordenação de curso e a todos os servidores do IFRO Campus Porto Velho Zona Norte que oportunizaram e colaboraram nesse pouco mais de dois anos de formação. “O encerramento do curso significa pra mim, não só o término de uma fase, mas o início de outra. Não sou capaz de mensurar a gratidão que sinto pelo IFRO por me proporcionar tudo o que vivi, todas as experiências, todos os momentos, foram muito importantes pra minha trajetória. Foi essencial também, para mostrar as coisas de que sou capaz, para o meu autoconhecimento e amadurecimento”, comenta Kailany Maria Oliveira Uchoa, do Curso Técnico em Administração Concomitante (vespertino).

  • 1.1
  • 1.2
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 1_1
  • 2
  • 20
  • 21
  • 22
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
Fim do conteúdo da página
--> /**/
Consentimento para o uso de cookies
Este site armazena cookies em seu computador. Os cookies são usados para coletar informações sobre como você interage com nosso site e nos permite lembrar de você. Usamos essas informações para melhorar e personalizar sua experiência de navegação e para análises e métricas sobre nossos visitantes. Se você recusar, suas informações não serão rastreadas quando você visitar este site. Um único cookie será usado em seu navegador para lembrar sua preferência de não ser rastreado.