Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Acadêmicos de Gestão Comercial apresentam resultado de pesquisa em Seminário do Projeto Didático Interdisciplinar

Publicado: Segunda, 06 de Julho de 2020, 13h54 | Última atualização em Segunda, 06 de Julho de 2020, 15h22 | Acessos: 6663

Apresentação Projeto ZN2Os estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Porto Velho Zona Norte, fizeram a primeira apresentação no Seminário do Projeto Didático Interdisciplinar. A atividade ocorreu virtualmente no Google Meet, na noite de 1 de julho.

Conforme a Coordenadora do Curso de Gestão Comercial, Angelina Maria de Oliveira Licorio, o projeto didático interdisciplinar foi um desafio para professores, alunos e coordenação. “Acredito que inclusive para Direção de Ensino, pois todos acabaram sendo demandados de alguma forma. Foi um trabalho exaustivo conduzido pelos professores do 2º e do 4º período do curso de Gestão Comercial juntamente com os alunos que foram brilhantes. Foi um processo de grande aprendizado, em que foi possível trabalhar em uma experiência de educação integrada e o resultado apresentado pelos alunos mostrou o grande aprendizado que esta experiência trouxe para todos”.

Organizado pela coordenação de curso, professores e estudantes de Gestão Comercial, a proposta visava estudar os impactos da covid-19 nas micro e pequenas empresas. Desenvolvido desde o início de maio, o projeto buscou a reorganização curricular para as aulas que estão sendo ocorrendo por meio de atividades não presenciais.

O projeto, segundo a professora Angelina Licório, foi uma sugestão trazida pela coordenação do Departamento de Apoio ao Ensino (DAPE), como proposta de solução para os problemas que enfrentávamos no processo de ensino e aprendizagem, ainda no início do distanciamento social. “Foi abraçado pela coordenação e por todos os professores do Curso de Gestão Comercial. Nossos alunos concluem esse processo muito mais conscientes da responsabilidade que lhes aguarda enquanto profissionais, muito mais confiantes de seu potencial, e muito mais seguros para tomadas de decisão em momentos de crise”.

Apresentação

No primeiro dia, foram apresentados os resultados das pesquisas dos acadêmicos do segundo período de Gestão Comercial. Sobre o trabalho, Diêgo Alexandre Duarte conta que eles se dividiram em grupos. Um grupo ficou com temática nacional, um fez pesquisa local, o tema eram políticas públicas para micros e pequenas empresas em tempos de pandemia, e os demais trabalharam o formulário no Google Forms para divulgação e para a sistematização das respostas.

No grupo em que estava, foi investigado o cenário local. “O meu grupo analisou muitos aspectos importantes, como as micro e pequenas empresas aqui de Porto Velho estavam lidando com esse período de pandemia. Percebemos muita informação que a mídia não mostra, por exemplo, vemos vários sites e empresas fechando as portas, mas a tendência aqui foi diferente. Descobrimos que as empresas estão inovando e se adaptando e conseguindo se manter. E até contratando gente. Isso foi uma experiência nova”, conta Diêgo.

Ele exemplifica: “Os bares passaram a fazer entregas de bebidas por meio de aplicativos como o iFood e Uber Eats, então, eles fizeram adaptação tão forte que praticamente o bar inteiro está disponível nestas plataformas virtuais na qual pode pedir sua bebida e receber na sua casa. Coisa que não existia até um tempo atrás e é impressionante. Estão mantendo empregos e conseguindo até expandir. Essa pesquisa foi sensacional porque descobrimos outro aspecto de micro e pequenos empresários de Porto Velho e também dos que estão localizados em Rondônia como um todo. E mostrou uma característica empreendedora e adaptativa do povo rondoniense”.

Para o próximo semestre, o grupo pretende se aprofundar mais no assunto e transformar os dados em artigos, contribuindo para pensar soluções para as empresas e sociedade. A também acadêmica Erenita Peres do Nascimento conta ter pesquisado dados em sites como do SIMPI (Sindicato da Micro e Pequena Indústria). Para a estudante foi uma experiência nova. “Minha pesquisa foi baseada em como seria a possibilidade de enfrentar a situação de calamidade pública na questão do coronavírus e como reagiria a sociedade perante essa pandemia. Descobri o quanto precisamos uns dos outros, independente de sermos ricos, pobres, de cor, a doença em si não escolhe. Pude observar também como somos fortes no momento em que reunimos forças”, diz.

Para Rozeli de Fátima da Silva Miranda, também do segundo período de Gestão Comercial, a sua “percepção do projeto interdisciplinar foi como uma grande descoberta”.  Ela relata que fizeram “recolhimento das informações de ME (Micro Empresas), MEI (Microempreendedores Individuais) e EPP (Empresas de Pequeno Porte) de funcionamento, percepção das estratégias e vendas, quais dificuldades estão enfrentando em meio a Pandemia de covid-19  e quais percepções de vida estão tendo”.

“Descobrimos nessa pesquisa inúmeras vantagens e curiosidades sobre essas empresas que estão instaladas em nossa capital. É realmente surpreendente ter em meio a essa Pandemia todos os estabelecimentos em funcionamento, mas infelizmente muitos fecharam suas portas. Foi uma grande descoberta nessas áreas que pretendemos continuar essas pesquisas para levar mais dados específicos e científicos a todos os públicos interessados. Foi um grande trabalho e um enorme processo dos alunos até essas iniciais respostas que trouxeram, tão logo, boas informações de perfil de cada empresa, fica aqui a gratidão por essa grande oportunidade”, conclui a estudante.

  • Apresentação_Projeto_ZN1
  • Apresentação_Projeto_ZN2
  • Apresentação_Projeto_ZN3
  • Apresentação_Projeto_ZN4
Fim do conteúdo da página
-->