Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Servidores do Campus Vilhena participam de capacitação em Análise e Melhoria de Processos

Publicado: Quinta, 12 de Dezembro de 2019, 16h09 | Última atualização em Quinta, 12 de Dezembro de 2019, 16h48 | Acessos: 118644

Campus Vilhena Capacitação 2

Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, participaram, no período de 2 a 6 de dezembro, de capacitação in company sobre “Análise e Melhoria de Processos”. O curso foi ministrado em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e teve duração de 35 horas, possibilitando aos servidores reconhecer a importância e a relação da gestão de processos com a política pública de gestão do Governo Federal, identificar as vantagens e desafios da implantação da gestão por processos, identificar o perfil necessário ao gestor e membros da equipe na implantação da gestão por processos e aplicar o método de gerenciamento de processos.

Por isso, além de aprender conceitos relacionados à temática, os participantes puderam também, e principalmente, praticar o mapeamento e a análise de um processo em todas as suas fases através de ferramentas e estratégias internacionalmente utilizadas. Marcos Adriel Sampaio Rost, coordenador de gestão de tecnologia da informação, comentou que o curso superou as expectativas. “Participei do curso como um aprofundamento natural dos temas estudados no decorrer do ano, durante os trabalhos na Comissão Local de Gestão de Riscos. Contudo, o material oferecido e as atividades realizadas foram além do mapeamento de processos, conduzindo o nosso olhar para os possíveis problemas em processos reais de nossa instituição e nos desafiando a propor soluções a esses problemas. Saio dessa capacitação com uma necessidade de olhar para o setor no qual estou lotado e, junto com a minha equipe, identificar os principais processos que realizamos e documentá-los com as ferramentas que aprendemos a utilizar durante o curso. Para aqueles processos que estiverem em nosso nível de decisão, quem sabe, propor formas de aperfeiçoá-los. Dessa maneira, espero começar a produção de registros que facilitem o trabalho da equipe interna, por meio da padronização de rotinas, e possibilitem à comunidade externa conhecer o trabalho realizado pela CGTI, saber o que esperar de nosso atendimento e, até mesmo, colaborar para a melhoria de nossas ações”, relatou.

O curso foi ofertado através do Plano Anual de Capacitação do IFRO Campus Vilhena e foi escolhido para possibilitar a formação continuada para desenvolvimento técnico e gerencial.  Segundo o Diretor-Geral da unidade, Aremilson Elias de Oliveira, o curso representa a oportunidade de capacitar servidores que estão assumindo cargos na gestão dando um direcionamento para o desenvolvimento das atividades. Ele complementou dizendo que “[...] com cada setor trabalhando de forma organizada e planejada, sabendo os fluxos dos processos, a probabilidade de falhas se torna menor, dando mais agilidade aos processos. A ideia é fazer ter uma noção do cenário em que estamos inseridos, tornar claras as rotinas, e num futuro incluir essas rotinas na base de conhecimento do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), que auxilia no trâmite interno de processos. Daí a importância de um curso como este, que permite entender os processos e melhorá-los de forma a contribuir diretamente nas atividades rotineiras do campus”.

De acordo com o Diretor de Planejamento e Administração, Elisandro de Moura Martins, o maior aprendizado que extraiu do curso foi que “[...] não existe um processo que não possa ser melhorado. A partir do momento em que paramos para analisar nossos processos, colocando-os em um fluxograma, aplicando as ferramentas de análise de identificação de problemas e soluções, melhorias acontecem. É muito importante que a instituição tenha essa visão de melhorias nas rotinas de trabalho dos servidores. Isso garantirá mais clareza e qualidade dos serviços prestados. Trabalhamos todos os dias com inúmeros processos e muitas vezes não identificamos falhas ou melhorias. Com a realização do curso e aplicação das ferramentas de Análise e Melhoria de Processos ficou evidente a todos os participantes a necessidade de dedicarmos um tempo para a gestão das nossas rotinas de trabalho. Isso garante uma melhor gestão sobre os processos, promove a identificação de melhorias, além de proporcionar a padronização dos fluxos processuais da instituição”.

  • Campus_Vilhena_-_Capacitação_1
  • Campus_Vilhena_-_Capacitação_2
  • Campus_Vilhena_-_Capacitação_3
  • Campus_Vilhena_-_Capacitação_4
  • Campus_Vilhena_-_Capacitação_9
Fim do conteúdo da página
-->