Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Mostra “Vamos Falar Sobre Elas” conclui atividades multidisciplinares em Vilhena

Publicado: Quarta, 24 de Abril de 2019, 17h49 | Última atualização em Quarta, 24 de Abril de 2019, 19h24 | Acessos: 819

Campus Vilhena Mostra 1

Para combater preconceitos e discriminação de gênero, alunos e servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, realizaram no dia 30 de março a Mostra “Vamos Falar sobre Elas”. A ação encerrou um conjunto de atividades desenvolvidas multidisciplinarmente durante todo o mês de março com os alunos dos cursos técnicos integrados. As ações foram orientadas pelos professores de geografia, educação física, espanhol, biologia, língua portuguesa, história, filosofia e eletrônica, além das psicólogas da unidade.  

Os profissionais relacionaram os conteúdos das disciplinas com o tema, de forma que os discentes puderam adquirir novos conhecimentos e produziram materiais e informações que foram expostos na Mostra. O evento contou com salas temáticas, exibição de filmes, exposições sobre a mulher no Egito Antigo e mulheres revolucionárias, como Simone de Beauvoir.

Ocorreram também apresentações de biografias de estrelas femininas nas artes e nas ciências, como Rachel de Queiroz, Caroline Herschel, Katherine Johnson e muitas outras. A sala “Sua voz tem vez” propôs discussões sobre igualdade, direitos e oportunidades e cada participante pôde compartilhar suas experiências e suas opiniões sobre como a desigualdade de gênero incomoda tanto meninos quanto meninas, além de encorajar discussões sobre como a situação atual pode ser mudada.

Na sala “Corpo, Mulher e Sociedade” todos deixaram frases inspiradas no tema. Ana Julia Santos, aluna do 3º ano de Informática, relatou: “É muito sério a menina nunca se sentir segura. É tão triste ter que aprender desde cedo a se defender e precisar se proteger o tempo todo. Toda vez que acontece alguma coisa é a mulher que tem que se privar e mesmo assim ela sempre sai como culpada”.

Na sala “Frida Kahlo”, os alunos do terceiro ano de Eletromecânica apresentaram, em espanhol, a vida e a obra da artista e expuseram reproduções feitas à mão de algumas das pinturas mais marcantes de sua carreira. Já na sala “Ser Mulher”, os discentes expuseram fotos e frases que produziram para expressar a representatividade feminina. Helen Caroline, do 2º ano de Edificações, disse o que mais gostou no desenvolvimento das atividades: “Foi importante porque nem todas as meninas que estavam participando se sentiam uma ‘mulher empoderada’, mas acabou que saímos com uma autoestima muito melhor!”

Maria Consuelo Moreira, docente de Geografia e uma das idealizadoras da Mostra, explicou: “Ao idealizarmos uma ação interdisciplinar para discutirmos as questões de gênero, tínhamos como objetivo maior promover o exercício da cidadania para o reconhecimento da igualdade e equidade de gênero, visto que no espaço escolar as relações de gênero acontecem cotidianamente. Proporcionar momentos e ações reflexivas quanto à desigualdade de gênero é algo de muita importância para que se possa garantir o respeito à diversidade. A mostra superou as expectativas de todos, pois foi possível observarmos o grande envolvimento por parte dos alunos nas discussões. Também podemos perceber a repercussão positiva após o evento através de falas e comentários dos alunos, inclusive sugerindo mais momentos como esses".

  • Campus_Vilhena_-_Mostra_1
  • Campus_Vilhena_-_Mostra_2
  • Campus_Vilhena_-_Mostra_3
  • Campus_Vilhena_-_Mostra_4
  • Campus_Vilhena_-_Mostra_5
  • Campus_Vilhena_-_Mostra_6
  • Campus_Vilhena_-_Mostra_7
  • Campus_Vilhena_-_Mostra_8
Fim do conteúdo da página
-->