Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Vilhena promove atividades de sensibilização no Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

Publicado: Sexta, 21 de Setembro de 2018, 18h51 | Última atualização em Sexta, 21 de Setembro de 2018, 19h01 | Acessos: 717

Campus Vilhena 1

O Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (NAPNE) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, organizou atividades de sensibilização quanto à necessidade de acolhimento e respeito às pessoas com necessidades específicas, oportunizando um momento para a comunidade acadêmica refletir sobre a importância da inclusão social. A atividade aconteceu na manhã de sexta-feira (21), data em que o Brasil comemora o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, no momento do intervalo, com a participação de alunos e servidores da unidade. 

O momento foi marcado por mensagens de conscientização. Também foram distribuídos marca-páginas comemorativos. A rádio escola participou da atividade, tocando músicas alusivas à inclusão, a exemplo da canção "Ser diferente é normal", interpretado por Gilberto Gil e Preta Gil.

Segundo Vera Lucia Ribeiro Azevedo, Coordenadora do NAPNE no campus, a definição de uma data comemorativa é de suma importância para propagar uma conscientização coletiva a respeito destas pessoas, assim como a necessidade de garantia do direito à educação inclusiva.

Sobre o NAPNE Vilhena

Em 2018 o NAPNE tem atendido alunos que apresentam Transtornos Globais do Desenvolvimento com um quadro de alterações no desenvolvimento neuropsicomotor, comprometimento nas relações sociais, na comunicação (discentes com laudo de autismo e síndrome de Asperger), assim como discentes com transtornos neurobiológicos TDAH (Transtornos de déficit de atenção e hiperatividade).

 O atendimento é feito desde o início do ano letivo, quando é realizado o levantamento dos discentes que apresentaram laudo e em seguida é feito um diagnóstico para identificar as especificidades de cada aluno. Os professores são orientados sobre o transtorno do aluno e da importância das adaptações curriculares.

Para realizar o acompanhamento no decorrer do ano letivo, busca-se a parceria dos pais e da equipe multidisciplinar, a qual fica responsável por um aluno e realiza o atendimento individual de Assessoramento Pedagógico (forma de padrinho do aluno), objetivando desencadear novas atitudes que permitam valorizar a permanência dos alunos, a aprendizagem e consequentemente sua promoção, sempre respeitando suas limitações.

Os docentes, TAE e equipe multidisciplinar desenvolvem ações de acolher, ensinar e aprender para a diversidade com práticas inclusivas. No ano de 2018 o NAPNE também tem desenvolvido ações de sensibilização, capacitações com servidores e oficinas, além de buscar cada vez mais a integração entre a escola e as famílias dos alunos com necessidades específicas.

Sobre o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

O Brasil comemora no dia 21 de setembro o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. Essa data já é lembrada desde 1982 e foi oficializada pela Lei nº 11.133 em 2005. A escolha da data se deve à proximidade com o início da primavera (23 de setembro), fazendo analogia ao significado de nascimento e renovação que das flores.

  • Campus_Vilhena_1
  • Campus_Vilhena_2
  • Campus_Vilhena_3
  • Campus_Vilhena_4
  • Campus_Vilhena_5
  • Campus_Vilhena_6
  • Campus_Vilhena_7
  • Campus_Vilhena_8

 

Fim do conteúdo da página
-->