Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Vilhena recebe 2º Fórum dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação

Publicado: Terça, 24 de Abril de 2018, 10h04 | Última atualização em Sexta, 27 de Abril de 2018, 16h32 | Acessos: 683

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, recebeu nos dias 11, 12 e 13 de abril a 2ª edição do Fórum dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação (FOSTAE). O evento foi organizado e executado pela Comissão Interna de Supervisão do Plano de Cargos e Carreira dos Técnicos Administrativos em Educação (CIS PCCTAE).

O objetivo foi promover a discussão sobre o PCCTAE no âmbito do IFRO, a partir das necessidades encontradas e do aprofundamento nas questões relativas às previsões legais dentro da política de desenvolvimento da Carreira dos Servidores TAEs.

Sob este viés, foram realizadas palestras sobre temas como o Programa de Incentivo à Qualificação, as legislações vigentes que interferem na carreira e Pesquisa e qualificação dos TAEs no contexto de ensino, pesquisa e extensão. O evento também contou com a participação do advogado Dr. Rafael Costa Viana, que abordou o assédio moral e sexual no espaço escolar.

Além das palestras, foram realizados grupos de trabalho que se aprofundaram nos temas propostos pelo evento. Durante a dinâmica, cada um dos participantes teve a oportunidade de socializar suas opiniões e dar suas contribuições, que depois foram partilhadas com todos os grupos em plenária, onde também foram levantadas as opiniões dos demais servidores. Um dos assuntos mais discutidos foi a minuta do Regulamento de Atividades dos Cargos Técnico- Administrativos em Educação do IFRO, que está em processo de elaboração.

Para o Diretor do Campus Vilhena, Aremilson Elias de Oliveira, que acompanhou algumas discussões, o encontro representou a oportunidade de valorização dos TAEs e demonstrou a importância destes para a instituição. Ele ainda mencionou que a ocasião proporcionou um momento de luta pela carreira e de novas conquistas que ainda precisam ser alcançadas.

Luciana Semeão da Silva, servidora do Campus Calama, comentou que os temas abordados foram satisfatórios e sugeriu que os próximos Fóruns tenham a duração de mais dias, para que as discussões possam ser ainda mais completas.

Já o coordenador da CIS PCCTAE do IFRO, Joelson Dias da Silva, expressou o agradecimento da Comissão ao Campus de Vilhena pela colaboração na realização do evento, assim como ao Diretor-Geral Aremilson, aos palestrantes e também a todos os TAEs pela dedicação, participação e comprometimento com o Fórum. “Creio que foi grande o aprendizado e de grande importância, pois já tivemos conquistas com a realização do I Fórum em 2016 e com o empenho de todos que participaram deste II Fórum faremos novos avanços”, reforçou.

A expectativa é que a Carta de Vilhena, produto das discussões do Fórum, seja debatida nos campi pelos participantes com toda a equipe e que para o terceiro fórum seja possível verificar melhorias em relação às deliberações.

Fim do conteúdo da página
-->