Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Estudantes do Curso Técnico em Alimentos do Campus Jaru participam de Visita Técnica ao Frigorífico Irmãos Gonçalves - FRIGON

Publicado: Terça, 02 de Abril de 2024, 16h42 | Última atualização em Terça, 02 de Abril de 2024, 16h42 | Acessos: 306

Visita técnica FRIGON 3 Campus Jaru 3Os discentes do 3º ano do Curso Técnico em Alimentos Integrado ao Ensino Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Jaru, realizaram visitas técnicas nos dias 12 e 18 de março. A aula de campo foi ao Frigorífico Irmãos Gonçalves – FRIGON, que fica na BR-364, na Zona Rural do município de Jaru. A atividade foi organizada pelas Professoras Ana Paula Alves Gonçalves e Graziela Martinotto, atuantes no Núcleo Técnico do curso.

A visita teve como principal objetivo proporcionar aos estudantes a oportunidade de solidificar os conhecimentos adquiridos durante o curso, bem como uma compreensão mais profunda dos processos envolvidos na produção de alimentos em larga escala, aliando teoria à vivência prática. Os alunos acompanharam todas as etapas da cadeia produtiva, desde a recepção da matéria-prima até a distribuição do produto final. Isso incluiu observar e entender os processos de abate, processamento, embalagem, armazenamento e distribuição dos alimentos.

Os estudantes tiveram a oportunidade de verificar as boas práticas adotadas no frigorífico, como questões de higiene, segurança alimentar, controle de qualidade e rastreabilidade dos produtos. A Professora Ana Paula, que está à frente de disciplinas como Gestão Ambiental em Indústria de Alimentos, Saúde e Segurança no Trabalho, assinalou que “a atividade também tinha como objetivo despertar no estudante um olhar crítico sobre a segurança do trabalho na indústria, os riscos que possuem os ambientes de trabalho que levam os trabalhadores a sofrerem acidentes ou adquirirem doenças ocupacionais”.

A docente ressaltou, ainda, que, na visita, foi possível atestar “a importância da sustentabilidade ambiental na indústria e como é realizada de forma que venha a minimizar os impactos ambientais gerados pelos resíduos do processo produtivo da carne no frigorífico”.

Para os alunos, a experiência foi extremamente relevante. Valdenor Junior Nascimento de Amorim comentou que “a visita técnica realizada no FRIGON foi de suma importância para conhecimento técnico prático, pois possibilitou aos discentes terem contato com toda a cadeia produtiva bovina, desde a chegada dos animais até a embalagem para comercialização, como também toda a realidade de segurança em um ambiente de trabalho, assim como a importância da qualidade ambiental para o ambiente profissional”.

Conhecer as instalações e o funcionamento do FRIGON também foi relevante para reforçar aos alunos os princípios técnicos ensinados pelo IFRO, ao demonstrar a aplicabilidade da teoria desenvolvida em sala de aula no ambiente de trabalho, reconhecendo a responsabilidade das empresas em garantir a qualidade dos produtos, a preocupação com a sanidade animal e as exigências dos órgãos de fiscalização e exportação.

De acordo com a Professora Graziela Martinotto, responsável por disciplinas como Inovação Tecnológica em Alimentos e Tecnologia de Carnes e Derivados, “a visita despertou o interesse dos alunos, motivando e mostrando todos os processos desde o pré-abate, abate, refrigeração, desossa, embalagem, estocagem e expedição e vivenciar a importância do técnico em alimentos no ambiente de trabalho e suas atribuições no processamento, controle de qualidade e controle de processo, identificando a aplicabilidade da teoria desenvolvida em sala. Reconhecendo a responsabilidade da empresa referente a garantia de qualidade do produto, a preocupação com a sanidade animal e as exigências dos órgãos de fiscalização e exportação”.

Segundo Luiz Flávio da Costa Bandeira, Engenheiro de Alimentos, que atua no departamento de qualidade do frigorífico e esteve entre os colaboradores da empresa que conduziram os alunos, “a visita técnica é uma oportunidade que permite aos alunos visualizar e assimilar os conhecimentos”. Ele acrescentou que os discentes “puderam acompanhar todo o processo da indústria de carnes, desde as aplicações das regras de abate humanitário, que garantem o bem-estar animal no transporte, descarregamento, insensibilização e sangria dos animais, à execução dos procedimentos sanitários operacionais, aplicações das boas práticas de fabricação em todas as etapas, processo de embalagem e armazenamento, garantindo todo o cuidado com a qualidade e a segurança do produto, e visando sempre a saúde e a satisfação dos consumidores”.

Luiz Flávio concluiu afirmando ter “certeza de que acompanhar de perto todos esses procedimentos irá de alguma forma contribuir com a formação desses futuros profissionais da indústria de alimentos”.

O Coordenador do Curso Técnico em Alimentos do Campus Jaru, Warley José Campos Rocha, ressaltou que “a visita ao FRIGON atendeu com êxito ao que é esperado de atividades pedagógicas como tal, na medida em que viabilizou o contato com variados contextos organizacionais do mundo produtivo, além de expandir o conhecimento voltado ao perfil de formação do Curso Técnico em Alimentos, assim como assegurando a formação integral do aluno, uma vez que constituiu como um mecanismo de integração entre a escola e a sociedade”.

  • Visita_técnica_FRIGON_3_-_Campus_Jaru_1
  • Visita_técnica_FRIGON_3_-_Campus_Jaru_2
  • Visita_técnica_FRIGON_3_-_Campus_Jaru_3
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página
Consentimento para o uso de cookies
Este site armazena cookies em seu computador. Os cookies são usados para coletar informações sobre como você interage com nosso site e nos permite lembrar de você. Usamos essas informações para melhorar e personalizar sua experiência de navegação e para análises e métricas sobre nossos visitantes. Se você recusar, suas informações não serão rastreadas quando você visitar este site. Um único cookie será usado em seu navegador para lembrar sua preferência de não ser rastreado.