Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Colorado organiza 2ª Feira de Troca Sementes Crioulas

Publicado: Terça, 20 de Agosto de 2019, 17h41 | Última atualização em Terça, 20 de Agosto de 2019, 17h55 | Acessos: 407

Campus Colorado troca de sementes

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Colorado do Oeste, realizará no dia 23 de agosto de 2019 a 2ª Feira de Troca de Sementes Crioulas. O evento é voltado para pequenos produtores rurais e estudantes de áreas agrícolas. As atividades acontecerão na sede da unidade, localizada na BR 345, a 5 km do município de Colorado do Oeste.

O evento terá início às 8 horas e contará com a troca de sementes entre os produtores e as instituições presentes, palestras e debates com relatos de saberes e experiências desenvolvidas em agroecologia, além de visita pelas áreas experimentais do campus.

Os interessados em participar podem se inscrever no dia e local do evento e receberão certificado de participação. A inscrição também pode ser feita on-line através do site www.even3.com.br/2ftscrioulas.Campus Colorado Programação da Troca de Sementes Crioulas

Os produtores são convidados a levar sementes crioulas de diversas espécies para compartilhar com os demais participantes. Sementes crioulas são aquelas que não possuem intervenção genética, são naturais, tradicionais, produzidas por agricultores familiares, possuindo assim uma grande diversidade genética.

O objetivo do evento é proporcionar a troca de sementes entre os produtores, que poderão conhecer novas espécies, fomentar a troca de experiências exitosas, apresentar novos conhecimentos sobre agroecologia, além de contribuir para a soberania alimentar.

O Diretor-Geral do campus, Marcos Aurélio Anequine de Macedo, destaca que o evento também irá colaborar para a formação do Banco de Sementes do IFRO, objetivando a conservação e multiplicação das Plantas Alimentícias não Convencionais (PANCs). “Diferentes sementes e mudas são trocadas nesta feira, dentre elas legumes, hortaliças e tuberosas. Todas as espécies são catalogadas, sendo que amostras de novas espécies são reservadas para o IFRO e farão parte de nosso projeto do Banco de Germoplasma Vivo” explica o diretor.

Fim do conteúdo da página
-->