Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Cinco equipes de Colorado do Oeste concorrem na Olimpíada Nacional em História do Brasil

Publicado: Quarta, 21 de Outubro de 2020, 19h14 | Última atualização em Quarta, 21 de Outubro de 2020, 19h32 | Acessos: 56494

foto equipe COYOTES participantes da esq p direita JOSÉ HENRIQUE EDUARDA CAROLINE UENDER HENRIQUE

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Colorado do Oeste, está com cinco equipes classificadas para a quinta fase da 12ª Olimpíada Nacional em História do Brasil. Na disputa são sete fases on-line e a fase final. A 5ª fase da 12ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) teve início no dia 16/10 com a participação de 2,2 mil equipes de todos os estados brasileiros.

Das sete equipes no estado de Rondônia classificadas para a 5ª fase, o Campus Colorado do Oeste possui cinco delas, explica a docente Marciane de Souza. “Foi gratificante demais ver que das oito equipes inscritas este ano, cinco foram para a 5ª e penúltima fase. Em 2019, meu primeiro ano no campus, tivemos sete equipes inscritas e seguimos somente até a quarta fase. Este ano foi ainda mais gratificante, pois realizamos todas as orientações via internet com encontros on-line e diálogos via aplicativo de conversas, mesmo a distância conseguimos interagir e trocar informações para o sucesso das equipes”, diz.

As cinco equipes do IFRO que continuam na competição:

  • Cybers – Wackson Nascimento Roque; Rodrigo dos Santos Rodrigues; Ronifer Marchiori De Oliveira.
  • Trio Sabinada – Valeska Maria Ferreira Galvão; Maria Eduarda de Oliveira Crist; Ellen Kátia Santos Pessoa.
  • Tríplice Pensante – Higor Saran Salmazo; Mônika Sena Rossi de Bairros; Amanda Cristyne de Paula Madeira.
  • Coyotes – José Henrique de Souza Costa; Uender Henrique de Oliveira Canuto; Eduarda Caroline Machado de Souza.
  • Jayne – Rayane Melo Backschat; Jackeline Martins; Lorrayne Eluame de Assis Jesus.

A Professora Marciane ainda conta que os estudantes ficaram muito felizes com o resultado, principalmente pelo grau de dificuldade da ONHB e por ser a primeira vez de participação deles. “As questões trazem documentos acadêmicos, trechos de dissertação e teses, notícias de jornais, cartas escritas à mão que precisam ser decifradas, tudo muito novo para eles e a cada avanço nas fases era comemoração pura”, relata.

Olimpíada

A Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) teve início dia 6 de setembro e irá encerrar em 30 de outubro. Em 22 de novembro, serão divulgados os medalhistas. Neste ano, são 69,8 mil inscritos de todos os estados do país, divididos em 17,4 mil equipes.

Desenvolvida pelo departamento de história da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 2020 chegou a sua 12ª edição. São equipes de quatro pessoas, sendo três estudantes (que podem estar em diferentes anos) mais o professor de História do colégio, nos últimos anos do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio de escolas públicas e particulares. A Olimpíada é construída de forma a desafiar os estudantes para além do texto posto nas questões, são sete fases compostas por questões e tarefas diversas.

As respostas são enviadas pelo site e cada questão traz quatro alternativas, e mais de uma alternativa pode estar correta, cabendo às equipes selecionar a alternativa que considera a mais adequada em resposta à questão. A Olimpíada também mobiliza temas interdisciplinares (geografia, literatura, arqueologia, urbanismo, atualidades) e tem um impacto muito positivo na leitura, compreensão e escrita dos estudantes participantes.

Rondônia

O estado de Rondônia contava com 104 equipes na fase 1, sendo o IFRO Campus Colorado do Oeste representado por oito equipes com estudantes dos 2º e 3º anos do curso técnico integrado ao Ensino Médio, sob orientação da Professora de História Marciane de Souza. Na quinta fase continuam na disputa sete equipes. A eliminação nas fases foi ocorrendo da seguinte forma:

  • Fase 1 – 104 equipes – 8 equipes de Colorado
  • Fase 2 – 58 equipes – 8 equipes de Colorado
  • Fase 3 – 32 equipes – 8 equipes de Colorado
  • Fase 4 – 10 equipes – 7 equipes de Colorado
  • Fase 5 – 7 equipes – 5 equipes de Colorado
  • Fase 6 – aguardando
  • Fase 7 – aguardando
  • Final – aguardando

A participação dos estudantes de Colorado na 12ª ONHB faz parte de Projeto de Ensino aprovado no Edital nº 23/2020/COL-CGAB/IFRO (26/08/2020), do Campus Colorado do Oeste. Em seu depoimento Marciane conta que “ser professora e orientadora na ONHB é sempre um desafio, pois a Olimpíada tem uma maneira muito inovadora na abordagem das questões e faz a gente repensar nossa prática docente quanto ao diálogo com nossos estudantes e na construção coletiva do saber”.

Para a quinta fase, as equipes terão que produzir uma Crônica Dissertativa conforme um dos temas indicados pela comissão organizadora: Violência de Gênero; Preconceito religioso; Genocídios das populações indígenas; e Genocídio das populações negras. As equipes estão lendo muito sobre como produzir uma crônica, suas principais características, reportagens e artigos sobre os temas que escolheram. Eles também contam com o apoio dos docentes de Língua Portuguesa, Melissa Velanga e Moisés Souza, esclarecendo as dúvidas e corrigindo as produções. O desafio é aprender e escrever uma crônica em sete dias, tendo por base a transdiciplinaridade, em que docentes convergem seus saberes e os estudantes conseguem identificar como todos os aprendizados sem complementam.

Segundo a Professora Marcilene, “para conseguir avançar nas fases da ONHB exige-se muita pesquisa, leitura e diálogo entre os colegas da equipe e a professora. A construção do conhecimento é feita no coletivo e os estudantes se desdobraram para compartilhar conhecimento e resolver as questões e tarefas que lhe eram designadas em cada fase. É fascinante identificar como vão se transformando ao longo das fases, se tornando mais analíticos e principalmente mais críticos sobre os temas das questões e consequentemente cidadãos mais conscientes de seu papel social”.

No ano passado foram sete equipes participante, que alcançaram até a fase 4, servindo como incentivo aos demais estudantes. “A intenção é que a participação na ONHB se torne uma tradição do campus, fazendo parte da história dali, um trabalho contínuo junto aos nossos estudantes e também à comunidade do entorno, proporcionando cursos de extensão aos docentes das escolas municipais e estaduais e também aos estudantes de 8º e 9º ano destas escolas com foco nos temas discutidos na ONHB. Assim, ao ingressarem no IFRO já estarão habituados à competição e motivados a participar”, conclui Marciane.

 

Com informações e imagens do site da Olimpíada Nacional em História do Brasil

  • equipe_Tríplice_Pensante_foto_da_equipe
  • equipe_cybers_fotos_e_nomes_dos_participantes
  • foto_equipe_COYOTES_participantes_da_esq_p_direita_JOSÉ_HENRIQUE-EDUARDA_CAROLINE-UENDER_HENRIQUE
  • foto_equipe_JAYNE_-_participantes_RAYANE_camiseta_do_ifro_e_JAQUELINE
  • foto_equipe_JAYNE_-_participantes_RAYANE_e_LORRAYNE
  • foto_equipe_TRIO_SABINADA_-_participantes_Maria_Eduarda_Crist_Ellen_Kátia_Valeska_Galvão
Fim do conteúdo da página
-->