Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Grupo de Pesquisa do Campus Colorado promoverá live no dia 28 de maio

Publicado: Quarta, 20 de Mai de 2020, 17h34 | Última atualização em Quinta, 21 de Mai de 2020, 14h48 | Acessos: 23411

Campus Colorado Live Grupo de Pesquisa Nómade

A pandemia do novo coronavírus impôs à humanidade um novo ritmo, interferindo na maioria de seus hábitos. Os impactos presentes são fortes e, para diversos especialistas, os resultados futuros marcarão, definitivamente, os rumos da sociedade mundial. Diante dessa perspectiva, o Grupo de Pesquisa Nómade, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Colorado do Oeste, realizará no próximo dia 28 de maio, às 19h30 (horário de Rondônia), uma transmissão ao vivo (live) intitulada “A identidade como condutora da subjetividade da pessoa humana”, que será ministrada pelo doutorando em psicologia social (UFRS) Edson Pilger Dias Sbeghen.

O evento virtual acontecerá através da plataforma Meet Google no seguinte link: https://meet.google.com/dvv-wxyp-arv. O evento é voltado, em especial, para servidores da unidade e, eventualmente, para convidados externos.

O projeto “Live Nómade”, segundo o professor Márcio Moreira Costa, líder do grupo de pesquisa, propõe debates sobre aspectos fundamentais da existência humana e também desafios sociopolíticos em momentos como o atual. A coordenação do Grupo de Pesquisa destaca a atualidade do tema, especialmente se forem considerados os efeitos da permanência em casa, convivendo com o medo, a insegurança e a ansiedade, entre outros males, provocados pela pandemia. “Em meio a tudo isso está a construção da subjetividade da pessoa humana que lida com estereótipos socioeconômicos que bombardeiam o esforço existencial, enfraquecendo, e às vezes, extinguindo, o impulso vital”, reforça o docente.  

Sobre o Grupo de Pesquisa

O Grupo Nómade é uma iniciativa intuitiva que tem como objetivo discutir temas e problemas relacionados com a formação e com a construção do conhecimento e da identidade humana, considerando a importância da crítica social, a partir da abordagem filosófica.

Em tempos de pandemia da Covid-19, o Nómade tem buscado alternativas para imprimir um ritmo de pesquisa, leitura e discussão minimamente satisfatórias, a fim de atender aos objetivos e expectativas do grupo. Diante da adversidade conjuntural, marcada por desafios sociopolíticos e descobertas de novas formas de comunicação, entre elas, as lives, o grupo se propôs a intermediar debates mais amplos, para além dos espaços de seus membros, entendendo ser isso uma exigência do tempo.

“Apresentamos o projeto informal ‘Live Nómade’, uma proposta de temas variados ligados à linha de pesquisa do grupo – epistemologia, identidade e crítica social – e à sua principal característica: a multidisciplinaridade. Cada debate contará com pesquisador convidado especialista na área debatida e será mediado por representante do Grupo Nómade”, destaca o professor Márcio.

Fim do conteúdo da página
-->