Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projeto do IFRO capacita e aprimora mulheres em técnicas de bordado em Colorado do Oeste

Publicado: Quarta, 31 de Julho de 2019, 17h44 | Última atualização em Quarta, 31 de Julho de 2019, 18h04 | Acessos: 439

certificacao bordados colorado 005

Um grupo de mulheres de Colorado do Oeste foi capacitado e aprimorado sobre técnicas de bordado através do projeto de extensão “Bordado: cultura criativa e empoderamento” promovido pelo Instituto Federal de Rondônia (IFRO), Campus Colorado do Oeste. A certificação do projeto foi realizada em 11 de julho de 2019.

Durante a certificação, os trabalhos de bordado artesanal produzidos pelas alunas ao longo das mais de 80 horas de oficinas e atividades, foram expostos. Foram dezenas de peças produzidas pelas participantes desde guardanapos, toalhas de rosto e lavabo, panos de prato e faixas para aplicação em toalhas.

A professora Alice Maria Dahmer da Silva, coordenadora do projeto, elogiou os trabalhos produzidos.  “Todas se dedicaram muito bem ao projeto e foram alunas nota dez. Além do aprendizado das técnicas ensinadas, houve benefícios sociais através do ambiente de convivência que se desenvolveu ao longo do projeto. E ficamos felizes em observar que algumas participantes já se tornaram multiplicadoras do conhecimento adquirido”, considerou Alice.

Para Cláudia Silva da Rocha, também coordenadora do projeto, a cooperação entre todos os envolvidos foi um ponto marcante do projeto. “Além de ensinar, também aprendemos com esse projeto, onde vimos que todas as alunas colaboravam entre si para o desenvolvimento mútuo, inclusive compartilhando o conhecimento de outras técnicas que elas já dominavam”, destacou Cláudia.

As participantes foram parabenizadas pelo Diretor-Geral do campus, Marcos Aurélio Anequine de Macedo. “Vimos os ótimos trabalhos de bordado que as alunas produziram. Esperamos que este curso tenha sido um incentivo para todas continuarem a se aprimorar nesta área”, considerou o diretor.

 Na oportunidade, o chefe do Departamento de Extensão, Willian Mota, parabenizou as organizadoras do projeto pela iniciativa. “Essa foi uma nova área de formação ofertada pelo nosso campus, pois nem sempre contamos com profissionais para ministrar as aulas. Percebemos que este projeto teve um bom resultado, pois as mulheres que participaram conseguiram desenvolver a competência para produzir bordados de boa qualidade”, comentou Willian.

Projeto de empoderamento

O projeto “Bordado: cultura criativa e empoderamento” pretendeu disseminar técnicas artesanais de bordado através de oficinas. “O artesanato, incluindo o bordado, é uma manifestação cultural, resultado do poder criativo de um indivíduo, com significação histórica. Ele perpassa o caráter cultural, pois também abrange o viés econômico, impactando na inclusão social, geração de trabalho e renda e potencializando vocações na economia criativa”.

O objetivo do projeto foi despertar as habilidades manuais das participantes, estimular a preservação cultural das técnicas artesanais, formar multiplicadores, incentivar a profissionalização, geração de emprego e renda. Além disso, no aspecto social objetivou-se  ampliar a valorização, a autonomia e a autoestima das participantes.

Para alcançar essas metas, foram realizadas oficinas semanais em que as participantes aprendiam sobre as técnicas de bordado do ponto cruz, ponto vagonite e oitinho, ponto crivo, ponto reto e pontos livres com a produção de trabalhos com aplicação e prática do aprendizado.

A professora aposentada, Dirce Biazzi Nascimento, já trabalhava com outros tipos de bordados antes de participar deste projeto e afirmou que o aprendizado nas oficinas foi muito rico e contribuiu para seu aperfeiçoamento. “O curso foi muito bom, tanto por desenvolver uma atividade de renda como até mesmo para terapia, pois o bordado é uma atividade relaxante e a interação entre as colegas e troca de ideias foi ótima”, avaliou Dirce.

A opinião é compartilhada por Maria Ester Magalhães, professora que aprendeu a bordar com as oficinas. “Foi muito gratificante participar das aulas deste projeto, pois até mesmo me ajudou a desestressar num momento complicado em minha vida. E a troca de conhecimentos foi bem proveitosa, pois nunca antes tinha trabalhado com bordado, então aprendi tudo do zero com as aulas deste projeto”, contou Ester.

  • aulas-bordado-colorado-001
  • aulas-bordado-colorado-002
  • aulas-bordado-colorado-003
  • aulas-bordado-colorado-004
  • aulas-bordado-colorado-005
  • aulas-bordado-colorado-006
  • certificacao-bordados-colorado-001
  • certificacao-bordados-colorado-002
  • certificacao-bordados-colorado-003
  • certificacao-bordados-colorado-004
  • certificacao-bordados-colorado-005
  • certificacao-bordados-colorado-006
  • certificacao-bordados-colorado-007
  • certificacao-bordados-colorado-008
  • certificacao-bordados-colorado-009
  • certificacao-bordados-colorado-010
  • certificacao-bordados-colorado-011
Fim do conteúdo da página
-->