Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO passa a integrar Conselho de Meio Ambiente em Cacoal

Publicado: Quinta, 22 de Fevereiro de 2018, 18h32 | Última atualização em Quinta, 22 de Fevereiro de 2018, 18h43 | Acessos: 1037

Conselheiros do IFRO participaram de sua primeira reunião no último dia 22

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) foi oficializado, na última quinta-feira (22), como entidade integrante do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Cacoal (Comdema). O órgão atua em caráter contributivo com a prefeitura local, fiscalizando e/ou propondo medidas alternativas às questões que envolvam impactos e preservação do meio ambiente.

Atual presidente do Comdema, Vilmar Kemper explica que a desistência de algumas entidades abriu espaço para uma nova composição, à qual o IFRO foi convidado a participar. “O Instituto atua e tem cursos nesta área, como o Técnico em Agroecologia, o que nos fez compreender que a entidade está habilitada a contribuir nos temas ambientais do município com todo o respaldo que possui pela qualidade do seu trabalho”, disse.

Dentro do quadro de servidores do IFRO, o Técnico em Agropecuária Cesar Boscato e a Técnica em Secretariado Lucy Falquevcz foram indicados pela administração do Campus Cacoal como conselheiro titular e conselheira suplente, respectivamente. “Os conselheiros possuem mandatos de dois anos e podem ser reconduzidos por igual período”, ressaltou Kemper.

As primeiras impressões dos conselheiros do IFRO foram muito positivas a respeito do trabalho desenvolvido pelo Comdema. “A primeira reunião é como uma descoberta, mas confesso que considerei o encontro muito proveitoso. O convite ao Instituto, em minha visão, nos eleva a um novo patamar de responsabilidade social. Vamos poder participar mais de questões importantes para a cidade, opinar, trazer cobranças e auxiliar nos ajustes. Creio que passamos a ser uma voz ativa dentro do contexto ambiental de Cacoal”, avaliou Boscato.

Lucy ressaltou a relevância do Conselho. “Nessa primeira reunião, por exemplo, discutimos assuntos muito úteis ao desenvolvimento de Cacoal a respeito da gestão do lixo produzido pela população ou do plano de revitalização arbórea, já que muitas árvores estavam condenadas pelo tempo. Creio que o maior desafio esteja em tornar essas políticas uma realidade que beneficie o município onde estamos inseridos”, destacou.

Diretor-Geral do Campus Cacoal, Davys Sleman ratificou que o convite ao IFRO para tomar cadeiras no Comdema é um novo indicativo do respaldo que a instituição tem conquistado na cidade. “Felizmente os órgãos e a população de Cacoal têm percebido a seriedade e o compromisso com que o Instituto Federal conduz suas iniciativas. Isso gera confiança para que nossos servidores, com seu conhecimento e experiência, possam contribuir para debates relevantes no contexto da nossa municipalidade”, opinou.

Fim do conteúdo da página
-->