Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO sedia oficina de liderança jovem em parceria com Alumni Rondônia

Publicado: Sexta, 04 de Outubro de 2019, 15h21 | Última atualização em Sexta, 04 de Outubro de 2019, 15h26

IFRO liderança jovem 21

A Reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia sediou nos dias 26 e 27 de setembro a Oficina de Liderança Jovem “Diálogos contra o racismo e a discriminação étnico-racial”, idealizada pelo Programa United States-Brazil Exchange Alumni – USBEA em parceria com a Assessoria de Relações Internacionais do IFRO (Arint/IFRO). O evento contou com participação de alunos de escolas de Porto Velho e facilitadores de diversas áreas de atuação envolvidos com trabalho voluntário.  O Campus Ariquemes também contou com ações durante o mês de setembro.

O programa USBEA Month 2019, promovido pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com ex-bolsistas de programas de intercâmbio, visa promover atividades voluntariadas em prol de melhorias sociais.

Em 2019 o grupo Alumni Rondônia definiu os trabalhos sobre a formação de jovens líderes com a temática: Youth Leadership and Community Changemakers. O objetivo foi promover entre os jovens o diálogo inclusivo sobre racismo e discriminação, levando-os a pensar e projetar ações humanitárias que possam ser desenvolvidas na comunidade.

“Essa ação apresenta a cultura do voluntariado, que é uma cultura de paz, e nós vemos o quanto é importante disseminar essa cultura no Brasil. Esses jovens que participaram são líderes, são envolvidos em diversas ações voluntárias, e o objetivo da oficina foi justamente o de plantar a semente e desenvolver essas lideranças, para que eles possam tirar as suas ideias do papel e assim desenvolvê-las. Pensamos nesta oficina como algo que pudesse ser replicado pelos participantes em suas comunidades. Os alunos formados aqui poderão ser facilitadores na próxima edição”, explicou a Coordenadora do Projeto em Rondônia, Carla Pascoal.

Através de relatos sobre vivências relacionadas ao racismo, machismo e outros tipos de discriminação, os participantes puderam discutir os temas e lançar propostas de como resolver esses problemas. “A ação visou instrumentalizar os jovens para que eles saibam quais são os caminhos para materializar uma ideia e colocar em prática uma proposta de intervenção”, reforçou Carla.  

Para a estudante do 4º ano do Curso Técnico em Eletrotécnica do Campus Porto Velho Calama, Elen Antunes, a participação de jovens em eventos sobre voluntariado e de formação de lideranças estudantis é de suma importância, uma vez que “[...] se a gente não se empodera, não lidera, não conseguimos resolver nada e o que eu espero levar desta oficina para os meus colegas do IFRO são esses ensinamentos, de que precisamos nos movimentar, de que o grêmio estudantil está lá mostrando que existe um ativismo dentro do IFRO e que eles podem lutar pelas suas demandas”.

 Campus Ariquemes

No Campus Ariquemes a proposta foi coordenada pela professora Marcia Iolanda, que trouxe o programa USBEA para uma parceria com o IFuture English Club, projeto institucional de ensino que também coordena. “A iniciativa de trazer o USBEA Month 2019 para o âmbito das ações do clube foi algo que realmente veio a somar, porque um dos objetivos do IFuture é levar à comunidade acadêmica atividades que promovam temas transversais. Observamos durante o período em que o projeto foi desenvolvido como ele foi bem aceito. Trabalhamos com um grupo de 55 jovens, entre eles participantes e facilitadores, que realmente se engajaram nos diálogos e nas trocas de experiências”, disse a professora.

Para os discentes Nathã Victor de Oliveira Bernardo e Jacob Costa Silva (membros do clube e facilitadores do programa) o programa foi importante porque provocou nos participantes o espírito de liderança e o desejo de melhorar suas comunidades. “E não foi apenas sobre liderança, mas também sobre autodescoberta. Com ele aprendemos a debater, construir argumentos, desenvolver habilidades e propostas. Os momentos compartilhados nos fizeram reconhecer nossa verdadeira missão neste mundo enquanto líderes globais”, destacaram.

  • Campus_Ariquemes_-_liderança_jovem_1
  • Campus_Ariquemes_-_liderança_jovem_2
  • Campus_Ariquemes_-_liderança_jovem_3
  • Campus_Ariquemes_-_liderança_jovem_4
  • Campus_Ariquemes_-_liderança_jovem_5
  • Campus_Ariquemes_-_liderança_jovem_6
  • IFRO_-_liderança_jovem_1
  • IFRO_-_liderança_jovem_10
  • IFRO_-_liderança_jovem_11
  • IFRO_-_liderança_jovem_12
  • IFRO_-_liderança_jovem_13
  • IFRO_-_liderança_jovem_14
  • IFRO_-_liderança_jovem_15
  • IFRO_-_liderança_jovem_16
  • IFRO_-_liderança_jovem_17
  • IFRO_-_liderança_jovem_18
  • IFRO_-_liderança_jovem_19
  • IFRO_-_liderança_jovem_2
  • IFRO_-_liderança_jovem_20
  • IFRO_-_liderança_jovem_21
  • IFRO_-_liderança_jovem_3
  • IFRO_-_liderança_jovem_4
  • IFRO_-_liderança_jovem_5
  • IFRO_-_liderança_jovem_6
  • IFRO_-_liderança_jovem_7
  • IFRO_-_liderança_jovem_8
  • IFRO_-_liderança_jovem_9
Fim do conteúdo da página
-->