Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Mestrandos e doutorandos em Educação Escolar iniciam aulas na UNIR

Publicado: Terça, 24 de Setembro de 2019, 11h00 | Última atualização em Segunda, 30 de Setembro de 2019, 14h12

Aula MEPE com alunos servidores do IFRO 2As aulas do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar (PPGEEProf) iniciaram no dia 16 de setembro, na Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Na parceria com o IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), a quarta turma do Mestrado Profissional em Educação Escolar (PPGEE/MEPE) possui 25 servidores participando, em uma turma composta por 30 mestrandos. Já na primeira turma do Doutorado Profissional em Educação Escolar, 11 alunos são do IFRO, entre os 15 doutorandos.

A aula de boas-vindas para as duas turmas reuniu os gestores de ambas as instituições. Segundo o Reitor do IFRO, Uberlando Tiburtino Leite, há diversas oportunidades trazidas pelo MEPE para o IFRO. Na sua fala ainda foi abordada a qualidade da educação no Brasil e o diferencial do IFRO nessa área, com investimentos e infraestrutura. Ao mostrar os indicadores sobre a formação dos professores, o Professor Uberlando ratificou a importância da formação e do desenvolvimento profissional e institucional.

O Reitor da UNIR, Ari Miguel Teixeira Ott, falou sobre a importância da parceria com o IFRO e das produções científicas do MEPE, citando que o Instituto Federal de Rondônia tem o quarto menor índice de evasão no Brasil e está em segundo lugar em eficiência.

Fernanda Oliveira Costa de Góes, servidora da Reitoria do IFRO, conta estar grata pela oportunidade de qualificação e da possibilidade de ampliar seus conhecimentos sobre a educação básica. Pedagoga de formação, ela é a primeira na família a ser servidora pública e a primeira a chegar ao mestrado. Ao resumir sua aprovação no MEPE, ela diz ser “uma forma de aprimorar a minha prática profissional, de exercer a minha profissão de modo mais significativo e de servir ao público de Rondônia com uma educação cada vez melhor”.

A servidora do Campus Guajará-Mirim, Elaine Marcia Souza, afirma que a parceria abre muitas opções de oportunidades para a educação como um todo. “Nos mostra, enquanto mestrandos, as possibilidades de atuação e de parcerias a serem formadas em prol do desenvolvimento do nosso Estado, alcançando cada município representado”, afirma.

Entre as atividades desenvolvidas nas aulas da primeira semana, eles tiveram palestra na EMERON (Escola da Magistratura de Rondônia), debatendo entre outros temas a educação ambiental, durante o III Congresso Internacional DHJUS do Programa de Pós-graduação em Direitos Humanos e Desenvolvimento da Justiça. Na oficina de ideias Projeto “Sementes da Vida”: conscientização e sensibilização ambiental desde o nascimento, juntamente com os professores do PPGEEProf, Clarides Henrich de Barba e Célio Borges da Silva. “Achei muito interessante que a proposta deste mestrado é diferenciada, pois propõe pesquisas que visam ações educativas diferenciadas para a educação básica. Estou muito feliz com a oportunidade de fazer parte desta turma juntamente com outros colegas do IFRO”, conta Elaine.

Doutorado

O Termo de Cooperação Técnico-Científico firmado entre UNIR e IFRO garantiu aos servidores do Instituto Federal de Rondônia o acesso à primeira proposta recomendada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) de Curso de Pós-Graduação na modalidade Profissional no nível de Doutorado na área de Educação.

Assinado entre as duas instituições em novembro de 2013, o Termo de Cooperação Técnico-Científica ainda deve gerar novos ganhos para as duas instituições. A Coordenadora de Pós-Graduação da PROPESP/IFRO, Michele Gomes Noé da Costa, explica que há a previsão de uma nova seleção do doutorado ocorrer em 2020, novamente ofertando vagas para capacitação de servidores do IFRO. Até o final de 2019, com a terceira turma do Mestrado que está em andamento dentro da parceria, deverão ter defendido suas dissertações um total de 74 servidores do IFRO. 

O primeiro Programa de Doutorado em Educação Escolar do Brasil também foi ressaltado na fala do Pró-Reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (PROPESP/IFRO), Gilmar Alves Lima Junior. Ele falou das propostas de verticalização na formação de servidores do IFRO. Para Gilmar, a inovação do doutorado é investir no professor da educação básica, pois um desafio hoje é a qualidade das publicações.  

Dinter em Administração

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (PROPESP) está em fase de conclusão das tratativas para assinatura do Termo de Cooperação com Universidade Federal do Paraná (UFPR), para o Doutorado Interinstitucional em Administração. A previsão é de oferta de 15 vagas aos servidores do IFRO. Quando em funcionamento, a parceria terá aulas em Porto Velho e outras atividades presenciais em disciplinas eletivas, pesquisa, orientação e defesa da tese na cidade de Curitiba (PR).

Segundo informações da PROPESP, a seleção para ingresso no curso ocorrerá a partir de janeiro de 2020, porém, é preciso organização para realização de duas provas.

A Prova Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (ANPAD), que tem calendário e período de inscrição próprios. E o exame TOEFL ou Cambrigde de proficiência em Língua Inglesa. Sobre esta última avaliação, a Assessoria de Relações Internacionais (ARINT/IFRO) realizará a aplicação de prova do TOEFL ITP em outubro de 2019. O edital deverá ser publicado em breve. A seleção para o Dinter em Administração prevê ainda análise, entrevista e defesa do projeto de tese junto à banca examinadora.

Fim do conteúdo da página
-->