Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projeto “Saber Viver” realiza Seleção de Pesquisadores (Técnico Auxiliar em Comunicação)

Publicado: Terça, 23 de Julho de 2019, 18h42 | Última atualização em Terça, 23 de Julho de 2019, 18h46

IFRO Projeto Saber Viver

Estão abertas, até o próximo dia 24 de julho, as inscrições para o processo de seleção de profissionais para atuar como bolsistas do Projeto Saber Viver, uma parceria entre Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que visa ao assessoramento de prefeituras para elaboração dos Planos Municipais de Saneamento Básico.

São três vagas para Técnico Auxiliar em Comunicação. Para concorrer é preciso ter graduação em qualquer área e experiência profissional com atuação efetiva em atividades de extensão e pesquisa com comunidades, processos coletivos e/ou cooperativos. Também é preciso possuir equipamento de suporte, tais como Smartphone e notebook, e disponibilidade para viagens.

As inscrições serão realizadas no período de 22 a 24 de julho de 2019, exclusivamente, por meio eletrônico com encaminhamento dos documentos (digitalizados), solicitados no item 4.4 para o endereço eletrônico: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., até às 23h e 59min (horário de Brasília). A correspondência eletrônica deve ser encaminhada com o título da vaga pretendia (exemplo: Técnico Auxiliar (comunicação) – NOME DO CANDIDATO).

A seleção

A seleção ocorre em duas etapas. A primeira é a análise documental que será eliminatória. Já a segunda é a análise de currículos, que é classificatória conforme critérios de qualificação e pontuação do edital. O contrato de bolsista não inclui direitos previdenciários e trabalhistas e não assegura estabilidade na atividade ou qualquer vínculo com o IFRO ou a Funasa. Consulte o Edital AQUI

Saber Viver

O Projeto Saber Viver atua na capacitação dos membros dos comitês de cada município, na elaboração de instrumentos de acompanhamento e na avaliação da execução dos planos municipais de saneamento. O Plano Municipal de Saneamento Básico é um documento construído com a participação da comunidade que apresenta um estudo da situação de saneamento no município e propõe soluções para os problemas levantados com o objetivo de disponibilizar à toda população.

Fim do conteúdo da página
-->