Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO e Universidad Autónoma del Beni discutem demandas de Termo de Cooperação

Publicado: Quinta, 25 de Abril de 2019, 15h29 | Última atualização em Sexta, 26 de Abril de 2019, 16h48

Reunião IFRO UAB 5

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia recebeu no dia 16 de abril, na sede da Reitoria (Porto Velho), representantes da Universidad Autónoma del Beni - UAB (Bolívia) para tratar sobre demandas do Termo de Cooperação entre o IFRO e a Universidade Boliviana.

O Termo de Cooperação entre as instituições foi firmado em agosto de 2016 e desde então ações, projetos e cursos foram desenvolvidos e aplicados. Uma das ações foi por meio do Campus Ji-Paraná, com a oferta de curso de formação inicial e continuada (FIC) em Manejo Florestal e do Campus Guajará-Mirim, com a oferta de cursos de português como língua estrangeira para servidores da UAB.

Na oportunidade, o Reitor da UAB, Luís Carlos Zambrano Aguirre, destacou o interesse da Universidade em aprofundar a relação com o IFRO para a mobilidade dos estudantes e servidores e, também, para atuação conjunta em pesquisas visando o fortalecimento da pós-graduação, com oferta cursos de mestrado e doutorado, tanto na Bolívia quanto no Brasil. “Com essa reunião já temos pelo menos um cronograma de trabalho, tanto de alunos que poderão assistir alguns eventos acadêmicos na Bolívia e também já temos planejado mobilização de estudantes e professores para assistirem no IFRO. Achamos que é uma boa ação que vai servir para nossas instituições e nossos países”, declarou.

Ainda segundo o Reitor, “[...] é um interesse nosso estreitar a relação com Rondônia, e a Universidade é uma ponte muito importante para isso. Estamos esperando a visita do Reitor do IFRO na Bolívia para estreitar mais e poder fazer uma planificação em termos de graduação e pós-graduação do IFRO e da UAB”.

A reunião foi conduzida pelo Pró-Reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação, Gilmar Alves de Lima Júnior, que além de uma breve apresentação do Instituto, pôde discutir as demandas do Termo de Cooperação. “A partir desse contato com as demandas apresentadas, nós já conseguimos encaminhamentos, como, por exemplo, um curso da metodologia utilizada pelo nosso Observatório Regional porque há interesse do Estado Del Beni em aproximar a universidade das demandas locais. O curso de português para estrangeiros foi bem avaliado pela comunidade”, frisou.  

Tratando ainda sobre a mobilidade estudantil, a proposta é efetivamente colocar em prática o intercâmbio dos alunos com a Bolívia, assim como em Portugal e com a Colômbia. “É um ponto forte a mobilidade porque temos enviado muitos servidores e alunos, mas vamos iniciar a partir da aprovação do programa Família Acolhedora e do Regulamento de Bolsas para Estrangeiros. Estes foram os principais pontos de discussão na reunião já com plano de ação respondendo a demandas da Universidade Del Beni e fortalecendo e consolidando o Termo de Cooperação IFRO e UAB”, disse Gilmar.

Além de professores da Universidad Autónoma del Beni, durante a reunião houve a participação da equipe gerenciadora do Observatório Regional de Guajará-Mirim, da Assessoria de Relações Internacionais, da Pró-Reitoria de Extensão e da Pró-Reitoria de Ensino do IFRO. 

  • Reunião_-_IFRO_-_UAB_1
  • Reunião_-_IFRO_-_UAB_2
  • Reunião_-_IFRO_-_UAB_3
  • Reunião_-_IFRO_-_UAB_4
  • Reunião_-_IFRO_-_UAB_5
  • Reunião_-_IFRO_-_UAB_6
Fim do conteúdo da página
-->