Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Delegações dos JIFRO se apresentam na cerimônia de abertura

Publicado: Quarta, 17 de Agosto de 2016, 11h20 | Última atualização em Quinta, 18 de Agosto de 2016, 13h25

 BRN6366A cerimônia de abertura da 5ª edição dos Jogos do Instituto Federal de Rondônia (JIFRO) foi realizada ontem à noite, no ginásio do Campus Ji-Paraná. Cerca de 100 atletas desfilaram nas 8 delegações participantes, vindas de todos os campi do IFRO. O fogo da tocha foi conduzido por 9 deles simbolizando o espírito esportivo dos jogos, que brilhou na chama azul e verde acesa na pira olímpica. A organização do evento integrou servidores e alunos que farão desta disputa um marco de envolvimento cultural para o instituto.

Todos os campi contribuíram para uma noite de festa que evidenciou o início de um evento que pretende trazer muita harmonia e união para o IFRO. “A responsabilidade é muito grande, e as dificuldades que nós encontramos foram superadas, de organização, para um momento que envolve muitas pessoas”, destacou Fernando Antônio Rebouças Sampaio, diretor-geral do Campus Ji-Paraná. Segundo ele, a notícia que Ji-Paraná seria sede do JIFRO 2016 veio logo no início deste ano. “Foi importante que todo o IFRO participasse. Temos certeza que vamos fazer uma atividade bem profissional envolvendo todos os servidores e alunos”, relatou.

O esporte é uma manifestação cultural que faz parte da formação dos alunos do IFRO, sendo o JIFRO uma forma sociabilização. “Nós não trabalhamos somente com a formação técnica, mas também com a formação humana de forma integral, integrando toda a instituição com outros alunos e professores”, ressaltou Uberlando Tiburtino Leite, reitor do IFRO. Além disso, O instituto visa proporcionar aos estudantes uma educação em conjunto, que inclua também a parte cultural. “Nós vamos contratar professores de música para todos os campi, para ampliar o aprendizado dos alunos, indo além da pesquisa e do ensino, despertando atividades culturais como essa, do esporte”, informou o reitor.

O IFRO tem o compromisso social de desenvolver além da parte acadêmica, através de ações de extensão. “O esporte contém uma formação integral para os nossos alunos, desenvolve o senso crítico e todo o potencial na área”, enfatizou Maria Goreth Araújo Reis, Pró-Reitora de Extensão. A empolgação dos alunos e atletas faz parte de um processo de integração que envolve todo o instituto. “O esporte aproxima as pessoas, traz um espírito de solidariedade e aumenta a integração e a colaboração, e isso em busca objetivo comum”, finalizou.

A pira olímpica foi um grande diferencial da noite. A cor do fogo em verde e azul foi feita através de uma mistura química, pelo aluno de licenciatura em química e servidor do Campus Ji-Paraná, Alexandre da Silva Machado. “A chama foi para chamar a atenção do público, feita por um experimento que faz a alteração da cor”, disse. O segredo está na mistura de componentes químicos que produzem cores diferentes. “Foi muito legal fazer parte, porque as pessoas chegam ao evento e não sabem o que está por trás, para prepará-lo. Quando você recebe o evento quer fazer o melhor para os seus convidados”, acrescentou Alexandre, também competidor em todas as edições anteriores do JIFRO.

Durante o desfile das delegações 10 alunas do Campus Ji-Paraná foram escolhidas para representar as deusas gregas e desfilarem junto às delegações. “Nós também participamos da organização do JIFRO. Hoje estamos representando as deusas gregas que fazem parte dos jogos olímpicos que surgiram na Grécia”, explicou Midori Suganuma, aluna do 4° ano de Curso Técnico em Floresta.

  • 20160816_205837
  • 20160816_210057
  • 20160816_210104
  • 20160816_210123
  • 20160816_210129
  • 20160816_210137
  • 20160816_210142
  • 20160816_210148
  • 20160816_210153
  • _BRN6112
  • _BRN6140
  • _BRN6250
  • _BRN6251
  • _BRN6271
  • _BRN6349
  • _BRN6366
Fim do conteúdo da página
-->