Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO oferta 150 vagas para capacitar os próprios servidores em educação inclusiva

Publicado: Segunda, 10 de Fevereiro de 2020, 12h22 | Última atualização em Segunda, 10 de Fevereiro de 2020, 17h45 | Acessos: 16760

img mat curso ed inclusivaO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) realiza seleção entre servidores da reitoria e dos campi para Capacitação em Educação Inclusiva e o Atendimento Educacional Especializado. São 150 vagas, sendo que a distribuição das vagas ocorreu de forma proporcional ao número de servidores de cada uma das 11 unidades do IFRO. A oferta do curso é uma parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense (IFSul).

Todos os servidores do IFRO podem se candidatar às vagas. As inscrições terminam dia 16 de fevereiro. O curso ocorrerá na modalidade a distância, com um total de 280h/aula. No IFRO, a capacitação é de responsabilidade da Pró-Reitoria de Ensino, através da Coordenação de Educação Inclusiva. As disciplinas ofertadas serão: Introdução à Educação Especial; Aspectos legais da Inclusão; Neurologia da Aprendizagem; Deficiência Intelectual; Deficiência Visual; Deficiência Auditiva e Surdez; Deficiência Física; Altas Habilidades/Superdotação; Transtornos do Espectro Autista; e Tecnologias Assistivas.

Segundo a Coordenadora de Educação Inclusiva (CEI/PROEN/IFRO), Claudete Marques das Neves, no ano passado o IFSul ofertou o curso para seus servidores, abrindo uma vaga para cada Instituto da Rede Federal. Na oportunidade, a PROEN/IFRO designou um servidor para fazer o curso. Foi quando verificou-se a necessidade de replicá-lo para os servidores do IFRO, havendo parceria entre as instituições. “Essa experiência também oportunizou o convite à professora Mestra Rosane Bom Hüsken para participar e contribuir no SEIND 2019 (Seminário de Inclusão e Diversidade do IFRO)”, acrescenta Claudete.

A capacitação sobre a temática educação inclusiva ocorrre junto às matrículas de alunos com necessidades educacionais específicas nos cursos ofertados pelo IFRO. Assim como colabora com a execução do projeto estratégico do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), com vigência de 2018-2022, no item Fortalecimento dos NAPNEs (Núcleos de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas).

Ao observar os termos da legislação, o IFRO busca reforçar o compromisso por uma educação que transforma. Conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB nº 9.394/1996), os sistemas de ensino assegurarão aos educandos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, além de professores com especialização adequada em nível médio ou superior, para atendimento especializado, bem como professores do ensino regular capacitados para a integração desses educandos nas classes comuns.

Já com relação à acessibilidade educacional, aplicam-se as mesmas diretrizes da Lei Brasileira de Inclusão (Lei 13.146/2015), tal qual disposto no PDI IFRO 2018-2022, que propõe medidas especiais para o acesso, a permanência e o êxito dos estudantes com deficiência ou necessidades educacionais específicas.

Confira o Edital nº5/2020 que trata de uma ação de capacitação planejada para os servidores do IFRO clicando AQUI. Para saber do cronograma do curso, acesse o documento aqui!

Fim do conteúdo da página
-->