Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Líderes estudantis participam do IV E-líderes

Publicado: Quarta, 09 de Outubro de 2019, 11h36 | Última atualização em Quarta, 09 de Outubro de 2019, 11h40 | Acessos: 153

elideres6Lideranças de turmas, membros dos grêmios estudantis e centros acadêmicos de nove campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) participaram do IV Encontro de Lideranças Estudantis (E-líderes).  Promovido pela Pró-Reitoria de Ensino, por meio da Diretoria de Assuntos Estudantis, o evento ocorreu na Reitoria, em Porto Velho (RO), nos dias 3 e 4 de outubro.

Participaram cerca de 100 estudantes. Joanne Marques da Costa, do Curso Técnico em Edificações do Campus Vilhena, foi a representante dos discentes na mesa de abertura.   Ela ressaltou que o Encontro “é muito importante para toda a comunidade educacional, porque é com eles que os líderes têm uma nova visão do que é realmente ser líder, de como melhorar para ter inovação para os alunos. Com tudo o que está acontecendo no cenário educacional hoje em dia, todas as faltas e perdas que estamos tendo, ver o que pode ser feito e exercer seus direitos e seus deveres”.

Segundo o Pró-Reitor de Ensino, Edslei Rodrigues de Almeida, “este é o momento que damos voz para os nossos alunos que são representantes de turma, representam os nossos grêmios. Eles vêm para participar conosco junto à gestão, proporcionando ideias, apresentando propostas, criticando ações, colocando soluções para que a gestão analise e depois discuta junto com seu corpo gestor e implemente isso por meio de diretrizes, que irão orientar a gestão democrática na oferta do ensino público, gratuito e de qualidade dentro do Instituto Federal de Rondônia”.

A Diretora de Assuntos Estudantis, Maria Rosimére Salviano de Moura, avalia que o IV E-líderes visa proporcionar reunião dos estudantes como forma de contribuir nas melhorias da instituição. “Durante dois dias de evento, com lideranças estudantis de todas as nossas unidades, líderes de turma, presidentes de grêmios e centros acadêmicos, discutimos os processos da nossa instituição. Com isso, o IFRO abre a oportunidade para que os estudantes desenvolvam o protagonismo estudantil e exerçam uma liderança forte dentro da nossa instituição, fazendo uma avaliação dos nossos processos, de nossas forças e de nossas fraquezas, e propondo melhorias para a instituição”. A expectativa de Maria Rosimére é que a próxima reunião, já com estudantes também do Campus Avançado São Miguel do Guaporé, seja ainda melhor que a deste ano.

O estudante do quarto ano no Curso Técnico em Eletrotécnica do Campus Porto Velho Calama, Linderman Oliveira, fala como é contribuir novamente no E-líderes: “é bom ver que as questões que levantamos no ano passado estão sendo respondidas e agora podemos levantar mais demandas para os próximos anos. Além das várias palestras que temos, tem esse contato com os campi do interior”.

Niélissa Melissa, do Técnico em Agropecuária no Campus Colorado do Oeste, também realça a oportunidade de se reunir estudantes para expor, debater e propor soluções para a instituição. “Aqui, nós estudantes, podemos expor os problemas que temos no nosso campus, debater e procurar soluções, para posteriormente, repassar para os demais alunos”, afirma.

Durante os debates, há busca por gestão participativa e democrática, juntamente com a valorização do protagonismo estudantil na elaboração e avaliação das políticas institucionais. A estudante do Curso Técnico em Biotecnologia do Campus Guajará-Mirim, Nathalle do Valle, participa de mais uma edição do evento e explica as contribuições feitas na Roda de Conversas, em que são vistas “as demandas dos alunos para poder sanar para o próximo E-líderes, ter a carta dos diretores do que já foi sanado e do que precisa melhorar. Um bem comum que é melhorar a vida dos discentes dentro dos campi”.

Já o acadêmico de Arquitetura e Urbanismo do Campus Vilhena, Mádson Rodrigues, esteve em seu primeiro E-líderes. “Todas as informações compartilhadas foram muito importantes. Saio daqui com uma bagagem que vai me possibilitar a trabalhar melhor dentro do Campus Vilhena, da graduação. Espero que as políticas públicas que vamos trabalhar possam ser realmente efetivas”.

Quem também esteve em seu primeiro evento estudantil foi Isabeli Lesbão, da Licenciatura em Biologia do Campus Ariquemes.  Para ela, foi propiciado o “direito à voz, a optar e a fazer algo por meu campus e realizar melhorias, porque o evento traz essas propostas, de que nós os jovens, os alunos, tragamos propostas de melhoria para o Instituto Federal de Rondônia”.

Na programação ocorreram momentos formativos, por meio de palestras e workshop, momentos de discussão em grupos de trabalho sobre a liderança estudantil no IFRO e as reivindicações dos estudantes, bem como momentos de integração e apresentações culturais. E ainda foi feito o momento de lançamento do Programa de Educação Emocional do IFRO.

  • elideres
  • elideres1
  • elideres10
  • elideres11
  • elideres12
  • elideres13
  • elideres14
  • elideres15
  • elideres2
  • elideres3
  • elideres4
  • elideres5
  • elideres6
  • elideres7
  • elideres8
  • elideres9
Fim do conteúdo da página
-->