Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO terá 3 mil novas vagas de cursos a distância a partir de 2025

Publicado: Sexta, 05 de Julho de 2024, 11h39 | Última atualização em Quarta, 10 de Julho de 2024, 08h37 | Acessos: 1236

2024 07 DEAD cursos 2025 materiaO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) obteve a aprovação de 3 mil vagas para cursos na modalidade de Educação a Distância (EaD). A conquista ocorreu por meio do Edital nº 25/2023, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), e permitirá ao IFRO ampliar sua oferta de cursos de graduação e de pós-graduação a partir do próximo ano.

A distribuição das vagas para o IFRO é entre cursos de graduação e pós-graduação. Na graduação, serão 950 vagas, sendo 500 para licenciatura e 450 para tecnólogo. Para o nível de especialização lato sensu, serão 2.050 vagas, voltadas para a formação de professores, profissionais da educação básica, agentes públicos e desenvolvimento regional. Os cursos serão ofertados pelos Campi Porto Velho Calama, Porto Velho Zona Norte, Colorado do Oeste, Jaru e Vilhena.

O processo de articulação para oferta dos cursos nos campi e polos foi coordenado pelo Professor Saulo Souza de Macedo, Diretor de Educação a Distância (DEaD/IFRO), com o apoio da Coordenadora-Geral da Universidade Aberta do Brasil (UAB/IFRO), Ana Cláudia Dias Ribeiro. “Nosso compromisso é com a interiorização e a expansão da oferta de cursos de graduação e de pós-graduação EaD. Nesse sentido, o protagonismo assumido pelo IFRO em Rondônia é reconhecido devido a sua expertise nessa modalidade de ensino”, destaca a Coordenadora-Geral da UAB.

A expansão reafirma o compromisso do IFRO com a Educação a Distância de qualidade e a inclusão social. O Diretor de Educação a Distância realça que essa aprovação representa uma responsabilidade social com a formação, visando garantir uma educação superior na modalidade EaD e proporcionar novas oportunidades para professores e demais profissionais. Saulo Macedo ressalta também que o IFRO mantém os investimentos próprios na modalidade.

“Além dos recursos captados, o IFRO continua fomentando ofertas educacionais com orçamento próprio. Em 2024, os investimentos em Educação a Distância (EaD) deverão ultrapassar a cifra de 1 milhão de reais, demonstrando ainda mais o compromisso da instituição com a expansão e a qualificação do ensino superior na região. Esse aporte financeiro próprio visa garantir a continuidade e a melhoria dos programas educacionais, mesmo diante de eventuais restrições orçamentárias externas”.

 

Vagas

Os cursos de pós-graduação possuem as seguintes previsões de oferta: 200 vagas para Especialização em Docência na EPT, Especialização em Gestão para a EPT, Especialização em Segurança da Informação e Especialização em Educação a Distância na EPT; 150 vagas para Especialização em Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva e Especialização em Gestão de Instituições Públicas; e 180 vagas para Especialização em Internet das Coisas, Especialização em Gestão Ambiental, Especialização em Educação para a Diversidade Étnico-Racial com ênfase na Aplicação Pedagógica das Leis 10.639/2003 e 11.645/2008, Especialização em Geotecnologia com ênfase em Georreferenciamento de Imóveis e Especialização em Ensino de Ciências e Matemática.

No caso dos cursos de graduação, a previsão é de 300 vagas para Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública; 150 vagas para Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial; 200 vagas para Licenciatura em Física; e 300 vagas para Licenciatura em Pedagogia e EPT.

 

Polos de Apoio Presencial UAB/IFRO

Os cursos serão ofertados em 12 Polos de Apoio Presencial da UAB/IFRO, localizados nos municípios de Ariquemes, Jaru, Buritis, Chupinguaia, Cacoal, Ji-Paraná, Vilhena, Colorado do Oeste, São Miguel do Guaporé, Nova-Mamoré, Guajará-Mirim e Porto Velho. Com a interiorização da educação pública federal, o IFRO ajuda a promover o acesso ao ensino superior de qualidade, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico de Rondônia.

A Coordenadora-Geral Ana Cláudia destaca que a aprovação no edital garante o aumento de vagas para o acesso de estudantes ao Ensino Superior e para a formação complementar de profissionais já formados na área de educação e oportunidade de formação continuada em diversas áreas. Esse investimento pela Capes, promovido pelo Ministério da Educação, visa ampliar a oferta nas instituições públicas de ensino. Além disso, o projeto direciona bolsas para coordenadores, professores formadores e tutores que atuarão no curso, bem como verba de custeio para ações durante a execução do projeto.

Fim do conteúdo da página
Consentimento para o uso de cookies
Este site armazena cookies em seu computador. Os cookies são usados para coletar informações sobre como você interage com nosso site e nos permite lembrar de você. Usamos essas informações para melhorar e personalizar sua experiência de navegação e para análises e métricas sobre nossos visitantes. Se você recusar, suas informações não serão rastreadas quando você visitar este site. Um único cookie será usado em seu navegador para lembrar sua preferência de não ser rastreado.