Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Cacoal inaugura Laboratório de Solos, Tecido Vegetal e Metais Pesados no dia 1º de junho

Publicado: Sexta, 28 de Mai de 2021, 13h45 | Última atualização em Terça, 08 de Junho de 2021, 11h31 | Acessos: 108443

laboratorio IFRO Cacoal 4

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Cacoal, inaugurará no dia 1º de junho de 2021 o Laboratório de Solos, Tecido Vegetal e Metais Pesados. O evento acontecerá de forma on-line, às 10 h (horário de Rondônia) via canal do YouTube da unidade: https://www.youtube.com/channel/UC_ZqHXTljWA4neV498uv6xA. A cerimônia contará com tradução em Libras.

Representantes do IFRO, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), da Indústria do Café no Brasil (ABICS), da Câmara Setorial do Café de Rondônia, da Assembleia Legislativa de Rondônia, do Governo do Estado de Rondônia e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) participarão da cerimônia de inauguração do laboratório.

Através de vídeo gravado, o Professor Rodolfo Gustavo Teixeira Ribas fará a apresentação das instalações do Laboratório. Na ocasião, também haverá a entrega das primeiras análises de solos a cafeicultores (Juan Travain - Cacoal, cafeicultor e presidente da Caferon e Ronaldo Bento - Cacoal, tetracampeão em sustentabilidade ambiental, Concafé), a ser realizada presencialmente pelo Diretor-Geral do Campus Cacoal, Professor Davys Sleman de Negreiros.  O evento contará ainda com a assinatura do Acordo de Cooperação entre IFRO e Cafeicultores Associados das Matas de Rondônia (CAFERON).

Sobre o Laboratório

Uberlando Tiburtino Leite, Reitor do IFRO, explica que a expansão e a reestruturação do Laboratório de Solos, Tecido Vegetal e Metais Pesados do Campus Cacoal provêm do Convênio de Cooperação Técnica e Financeira n. 29/2018 entre a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o IFRO, celebrado em 3/12/2018, aditivado em 17/11/2020 e válido até 3/12/2021. “O valor previsto de recursos para a reestruturação do Laboratório do IFRO prevê um total de R$ 768.093,04, sendo R$ 481.908,05 (62,74%) de aporte financeiro da ABDI somados a R$ 286.184,96 (37,26%) de contrapartida econômico-financeira do IFRO”, ressalta.

O Diretor-Geral do Campus Cacoal, Professor Davys Sleman de Negreiros, destaca que, além da aquisição de vários equipamentos de última geração para equipar o Laboratório, “[...] o convênio prevê uma série de ações de cunho técnico, entre elas a realização de palestras sobre a importância das análises de solos, foliares e metais pesados para produtores; o desenvolvimento de projetos de pesquisa acadêmica voltados para o aprimoramento da produção de café; o mapeamento do nível de fertilidade das áreas produtoras da Indicação Geográfica Café Matas de Rondônia; e, avaliação de impacto da expansão do Laboratório”.

Histórico

A iniciativa é fruto de um diagnóstico realizado na região de Cacoal-RO, no início de 2017, no âmbito de programa de desenvolvimento produtivo e inovação regional adotado pela Agência, naquela época. A cadeia agroindustrial do café foi considerada prioritária e, em 2018, foram elaborados dois projetos complementares e sinérgicos em prol daquela cadeia: a reestruturação do Laboratório do IFRO, Campus Cacoal, e a Indicação Geográfica Matas de Rondônia. Ambos os projetos contaram com plena participação e validação por atores públicos e privados, representantes da cadeia do café na região e no país.

"[...]Na época, a partir de um diagnóstico que fizemos na região, percebemos a dificuldade dos produtores rurais em realizarem análises de solo, tendo que enviar amostras para outros estados, o que tornava o processo demorado e dispendioso. Com o laboratório, que é o único equipamento público de Rondônia com esta finalidade, será possível atender a todos os produtores de Cacoal e da região, sobretudo os cafeicultores, com qualidade, segurança e rapidez, utilizando equipamentos de última geração. O objetivo da Agência, com este projeto, é contribuir com o desenvolvimento regional e levar a transformação digital para o campo", reforça Igor Calvet, presidente da ABDI.

  • laboratorio-IFRO-Cacoal-1
  • laboratorio-IFRO-Cacoal-2
  • laboratorio-IFRO-Cacoal-3
  • laboratorio-IFRO-Cacoal-4
  • laboratorio-IFRO-Cacoal-5
  • laboratorio-IFRO-Cacoal-6
Fim do conteúdo da página
--> /**/
Consentimento para o uso de cookies
Este site armazena cookies em seu computador. Os cookies são usados para coletar informações sobre como você interage com nosso site e nos permite lembrar de você. Usamos essas informações para melhorar e personalizar sua experiência de navegação e para análises e métricas sobre nossos visitantes. Se você recusar, suas informações não serão rastreadas quando você visitar este site. Um único cookie será usado em seu navegador para lembrar sua preferência de não ser rastreado.