Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Estudantes levam conscientização para turmas de Guajará-Mirim

Publicado: Segunda, 28 de Maio de 2018, 10h55 | Última atualização em Segunda, 28 de Maio de 2018, 10h55 | Acessos: 511

Palestras CAED líderes grêmio

Líderes e vice-líderes de turma dos segundos e terceiros anos do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), Campus Guajará-Mirim, palestraram sobre relacionamento interpessoal, socialização e preservação do patrimônio. As atividades ocorreram no período de 08 a 15 de maio, tendo como público as turmas dos cursos técnicos integrados ao Ensino Médio do matutino e vespertino.

A partir da execução do Projeto “A Escola que eu Quero”, que tratou da sensibilização sobre a preservação do patrimônio, foi proposto pelas lideranças do terceiro ano do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática que os estudantes ouvissem de outros alunos sobre a preservação do patrimônio. Assim como falassem também sobre a importância de fortalecer o relacionamento e a socialização entre os discentes. A proposta, depois, ganhou parceria da disciplina de Sociologia, pois a Professora Maria das Graças Freitas de Almeida disponibilizou o horário de suas aulas para o debate.

Sobre as palestras, a professora afirmou que contribuíram “com os valores éticos e morais estudados em Sociologia. Contribuiu para que o aluno refletisse sobre seu comportamento com os colegas e no espaço escolar. Essa conscientização contribuirá para a desnaturalização de ideias prontas, onde o aluno possa achar que a preservação da escola e a interação social é responsabilidade de outrem. A atividade representa uma oportunidade para promover melhoras no relacionamento interpessoal, manutenção da limpeza, preservação do patrimônio público escolar, mudanças de hábitos, construção (formação) de cidadãos conscientes de seus direitos e deveres”.

Sthefane Guimarães, que é vice-líder do terceiro ano do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática vespertino declarou que “o desenvolvimento desta atividade mostrou que eu preciso valorizar cada vez mais o Instituto e todas as oportunidades que ele oferece, tendo a consciência da minha responsabilidade como aluno do IFRO. Contribuiu para meu desenvolvimento pessoal preparando-me para quando eu for falar em público, me relacionar bem com os demais, pensar cada vez mais no bem comum, ser uma pessoa que pensa nos outros”.

Para Lucidariane Dias Parrião, do Curso Técnico em Biotecnologia, há grande importância em preservar o patrimônio público. “Foi abordado nossos deveres como alunos e as nossas responsabilidades para com nosso campus. As informações passadas nos ajudaram a compreender melhor nosso papel diante das nossas atribuições e obrigações na qualidade de discentes, tendo em vista a consciência ética em prol do campus”.

O estudante Samuel Nascimento dos Santos diz que “não devemos danificar o patrimônio escolar, para que outras pessoas que futuramente estudarão no IFRO possam aproveitar o ambiente também. A palestra nos ajuda a tomar consciência de que degradar o espaço prejudicará o ambiente em que vivemos e causará uma impressão não agradável ao campus”.

“Foram apresentadas algumas questões que ainda não estávamos cientes, conhecemos um pouco mais das regras do Instituto e suas obrigações para com os alunos. Esta atividade irá contribuir não só para meu desenvolvimento pessoal e social, mas também de todos os alunos”, completa a aluna Naimi Barroso.

Foram palestrantes as representantes estudantis Sthefane Guimarães, Ana Vitória Félix, Ana Beatriz Pereira, Ludmary Maria do Nascimento e Nathalee da Silva. Além de mostrar a integração das atividades com o corpo docente e discente, a Assistente de Alunos do Campus Guajará-Mirim, Elaine Márcia Souza Rosa, ressalta que houve engajamento e comprometimento dos jovens estudantes da unidade, “as alunas que tão bem desenvolveram estas palestras demonstraram um amadurecimento enorme em relação as suas idades”. Também acompanhou o desenvolvimento das atividades o Coordenador CAED (Coordenação de Assistência Estudantil), Laurindo Joaquim dos Santos Neto.

Fim do conteúdo da página