Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Visita técnica ocorre na usina Termoelétrica de Porto Velho

Publicado: Terça, 05 de Dezembro de 2017, 16h50 | Última atualização em Sexta, 08 de Dezembro de 2017, 09h54 | Acessos: 206

Campus Ji Paraná 9

Estudantes do terceiro ano do Curso Técnico em Química realizaram visita técnica à Termo Norte Energia, em Porto Velho. Eles cursam a modalidade integrada ao ensino médio no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Ji-Paraná.

Com a atividade foi possível contextualizar os conhecimentos teóricos recebidos em sala de aula sobre o uso de combustíveis fósseis na geração de energia elétrica e suas implicações ambientais. Segundo o organizador da aula-visita, Emerson Faustino, os alunos conheceram a dinâmica de funcionamento da usina termoelétrica da Termo Norte Energia em Porto Velho, ocasião em que foi dado ênfase aos aspectos técnicos relacionados à físico-química. Durante a visita os alunos foram acompanhados por professores e por um engenheiro da usina.

 “Dentre os objetivos da visita, pode-se destacar: entender sobre a ‘geração’ de energia através de um processo exotérmico (produção de energia elétrica a partir da energia térmica); conhecer a estrutura e a dinâmica de funcionamento de uma usina termoelétrica e suas ações no tocante à redução de seus impactos ambientais; conhecer os materiais antioxidantes presentes nas caldeiras; conhecer a demanda e o uso dessa forma de geração de energia no Estado; observar o tratamento dos paramentos físico-químicos da água. Portanto, foi possível relacionar os conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula, na qual os alunos conheceram todas as etapas envolvidas no funcionamento de uma usina termoelétrica e todos os aspectos voltados à atuação do técnico em Química nesse tipo de usina”, afirma o professor de Química do Campus Ji-Paraná, Emerson Faustino.

A estudante Anniele Eline Lima Menezes gostou da visita realizada, dizendo que foi “bem organizada, visto que eles forneceram equipamentos para segurança e identificação. Além disso, houve palestras sobre como agir em casos de acidentes. Também explicaram sobre o funcionamento da termoelétrica, o que foi muito esclarecedor, e sobre algumas das funções dos servidores que lá trabalham, dando ênfase na área de Química, a qual é nosso curso”.

Emmily Oliveira Pinheiro também cursa o Técnico em Química e diz que ter realizado a atividade “permitiu que nossos conhecimentos práticos e teóricos fossem vinculados ao funcionamento da empresa, deixando nossa formação mais ampla. Pudemos observar toda a organização da usina, desde a obtenção de energia e todos os aspectos técnicos da produção até as táticas de segurança utilizadas”.

Isadora Zeferino Folador concorda com as colegas de curso que a viagem foi ótima e muito enriquecedora “é interessante ver como é produzida a energia, por estar tão presente em nosso dia a dia e ser tão essencial em uma época moderna como a que vivemos. De modo geral, as visitas técnicas são um complemento essencial para nossa formação como técnicos em Química, uma vez que a aplicação prática das teorias absorvidas em sala de aula é um ótimo método para fixação do conteúdo”.

Fim do conteúdo da página