Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO assina com Idaron convênio que possibilitará novas vagas de estágio

Publicado: Segunda, 17 de Julho de 2017, 13h51 | Última atualização em Segunda, 17 de Julho de 2017, 13h52 | Acessos: 1935

convênio idaron 1

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) assinou esta segunda-feira (17) convênio de estágio com a Agência de Defesa Sanitária Agropastoril do estado de Rondônia (Idaron), com prazo de vigência de cinco anos. Conforme condições e vagas existentes, em indicações a serem feitas pela Coordenação de Integração, Escola, Empresa e Comunidade (CIEEC/IFRO), a entidade estadual receberá para estágio obrigatório e não obrigatório alunos regularmente matriculados nos cursos de educação profissional e tecnológica de nível médio e da educação superior, especialmente dos campi agrícolas Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste e da área de biotecnologia em Guajará-Mirim. 

Como objeto do convênio, prevê-se que o estágio deve propiciar a complementação do ensino e da aprendizagem a ser realizada em conformidade com os currículos, programas e calendários escolares. “É um parceiro extremamente significativo para o Instituto Federal, sem contar que é um órgão que recebe muitos de nossos egressos como servidores. Se fizermos um levantamento, encontraremos um número significativo de servidores do quadro da Idaron que estudaram em Colorado, Ariquemes ou Cacoal”, afirma o Reitor do IFRO, Uberlando Tiburtino Leite.

Segundo o presidente da Idaron, Anselmo de Jesus Abreu, as possibilidades com o IFRO vão muito além do estágio, “sabemos o grande parceiro que é o Instituto e que pode se afirmar mais ainda nessa área de pesquisa e em toda a capacitação desse pessoal, além da capacitação de mais pessoas em parceria com Idaron. Eu acredito que não só esse termo de cooperação, mas há várias perspectivas de podermos cada vez mais fortalecer com Idaron e com todo o Governo do Estado. Hoje nós temos um setor produtivo que vem alavancando e problema não falta, e, quando temos problema, é porque está crescendo, e é claro temos que buscar solução. Com certeza o IFRO pode ser um grande parceiro nosso”.

Sobre novas parcerias, Uberlando visualiza juntamente com a Agência de Defesa Sanitária a “possibilidade de capacitação de pessoal do quadro da Idaron e de produtores, mas principalmente o trabalho conjunto para desenvolver pesquisas. O estado de Rondônia possui uma área agropecuária de importância econômica significativa e como a Idaron é responsável pela fiscalização e por manter a qualidade sanitária da produção, há possibilidades de ações de pesquisa nas áreas animal e vegetal. O IFRO possui uma infraestrutura e um quadro de pessoal voltado também para ciências agrárias, então, seria uma parceria quase que natural. Cabe a nós que estamos à frente das duas instituições estreitarmos a parceria para torná-la efetiva. A proposta é continuar a discussão para ampliar a estas novas ações: a parte de estágio já encaminhada e agora ampliar para a parte de pesquisa e formação de pessoa”. 

 

Fim do conteúdo da página