Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Feira de Ciências reúne estudantes do ensino integrado

Publicado: Terça, 06 de Março de 2018, 10h49 | Última atualização em Terça, 06 de Março de 2018, 18h18 | Acessos: 643

Feira de Ciências Campus Guajará Mirim 1

O evento de integração dos discentes do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), Campus Guajará-Mirim, cumpriu com êxito o seu objetivo de aproximar os estudantes veteranos e ingressantes. No dia 28/02, uma Feira de Ciências reuniu internamente estudantes de todos os cursos técnicos integrados ao Ensino Médio.

O momento serviu como forma de aproximação entre os estudantes, mostrando as atividades de cada curso. Segundo Ivson Viana, foram selecionados os trabalhos apresentados no ano passado que tiveram maior votação. “Essas apresentações estimularam os novos a serem norteados para o que já está em desenvolvimento pelos alunos veteranos para que eles possam contribuir em pesquisas futuras para aprimoramento dessas soluções e também para proporem novas ideias”, afirma o professor.

“O projeto de integração entre os alunos por meio de apresentação de trabalhos científicos objetiva a difusão de conhecimento a toda comunidade acadêmica, sendo ainda, importante elo de relacionamento entre os membros da comunidade em geral: professores, alunos, técnicos e toda a comunidade de Guajará-Mirim. Além disso, serve de estímulo para os alunos desenvolverem suas habilidades e contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico”, afirma o docente Alcides Prócopio Justiniano dos Santos Junior.

A exposição ocorreu na sala de aula e laboratórios de Química. Desenvolvida pelas coordenações dos cursos de Biotecnologia e de Informática do Campus Guajará-Mirim, a Feira também divulga as atividades do campus e dos cursos, apontando suas particularidade e integralidade de ambos.

Cursando o primeiro ano do Técnico em Biotecnologia, o estudante João Adriano Ferreira da Silva afirma ter sido uma atividade importante ao repassar noções “sobre o curso, principalmente para os novos alunos. E contribui para a aplicação do teórico e do prático”. Já Davi Pereira Rossell, do terceiro ano do Técnico em Informática, destaca a integração entre os cursos, sendo positivo “também para conhecer a área de cada um dos cursos, trocando experiência”.

 
 
Fim do conteúdo da página