Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO ganha destaque nacional com propostas de tecnologia para a Campus Party Brasil

Publicado: Quarta, 30 de Janeiro de 2019, 13h01 | Última atualização em Quinta, 14 de Fevereiro de 2019, 09h59 | Acessos: 1670

CAMPUS PARTY 2018 IFROA participação de estudantes e servidores do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia) na 12ª Campus Party Brasil (CPBR12) ganhou repercussão nacional. Entidades como o Ministério da Educação e o Conif (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica), juntamente com a imprensa regional e nacional, deram destaque ao fato de oito dos 40 projetos aprovados para a Campus Future serem do IFRO. O programa integra as atividades da Campus Party e nele projetos universitários e de cursos técnicos de nível médio são selecionados a partir de soluções tecnológicas desenvolvidas em ambiente acadêmico e com a possibilidade de se tornarem reais. Em 2019, o evento ocorre de 12 a 17 de fevereiro, com cerca de mil horas de conteúdo, no  Expo Center Norte, em São Paulo (SP).

De modo geral, a participação do IFRO ocorre desde 2011, por meio do campus Ji-Paraná, e posteriormente houve participação das demais unidades, como Vilhena, Guajará-Mirim e Calama. Segundo a Pró-Reitora de Extensão do IFRO, Maria Goreth Araújo Reis, a expansão ocorreu por conta do crescimento da demanda e objetivando proporcionar maior eficácia, com geração de resultados para alunos e servidores, bem como fortalecer a cultura empreendedora e inovadora no Instituto. Graças ao empenho de sua comunidade escolar, o Instituto alcançou 20% do total dos selecionados na Campus Future.

O ano de 2017, por meio da Reitoria, marcou o início do apoio específico à participação na Campus Party Brasil, por meio da publicação de editais que visam selecionar projetos de caráter empreendedor, tecnológico e inovador desenvolvidos no âmbito do IFRO, de forma a viabilizar a participação no evento nacional. “A jornada é totalmente multidisciplinar, proporcionando desafios e atividades diariamente. Diferente do que muitos acham, não é um evento apenas de tecnologia da informação”, afirma a pró-reitora.

 “Na edição de 2018, foram selecionados dez projetos nas mais diversas áreas, com a participação de 40 alunos e servidores. Isso tem contribuído muito para a formação de nossos alunos e para o desenvolvimento de novas competências nos servidores e alunos participantes. Além dos participantes selecionados pelo edital da Reitoria, o Campus Ji-Paraná enviou mais 40 participantes, totalizando uma caravana de 80 pessoas, entre alunos e servidores”, recorda Goreth.

Os oito projetos aprovados por Rondônia no principal evento da CPBR12 são: Smart Long Sleeve Shirt: tecnologia vestível para ciclistas (Kaio Alexandre, Bruno Felipe, Igor Ramos e Cleiton Ribeiro); Desenvolvimento de um Rover de análise de solo e gestão de produção agrícola (Kariston Dias, Álamo Conrado, Paulo Cristiano e Matheus Lemes); Boia Secchi - Monitoramento da Turbidez/Transparência da água voltada à piscicultura (Kaio Alexandre, Jéssica Evangelista, Ezequiel Nascimento e Roberto Lucas); Balanceamento inteligente da alimentação bovina através da automatização do cocho utilizando RFID (Kaio Alexandre, Aldoino Bonadeu e Lucilene Venancio); Desenvolver um jogo digital para o ensino de lógica de programação utilizando a softwares de desenvolvimento de jogos e modelagem 3D (Jackson Henrique da Silva Bezerra); Implementação de Protótipo de Sistema de Gerenciamento de Consumo de Energia Elétrica utilizando nodeMCU em rede em malha Wi-Fi com Raspberry (José Lucas Brandão Montes); Smart-Extend (Kariston Dias Alves); e QRTree (Luiz Henrique, Riul Sudário e Geisniwander Pelegrini).

O acadêmico do Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistema do Campus Porto Velho Calama, Bruno Felipe da Silva, resume o que é ter a possibilidade de desenvolver um projeto de interesse social: “a prática é diferente de estudar uma matéria em sala de aula, pois colocar a mão na massa nos dá uma visão totalmente diferenciada”.

2019

Na Campus Party Brasil 2019, o Instituto Federal de Rondônia participará com mais de 13 projetos, pois além dos oito que foram selecionados pela Campus Future, outros três foram selecionados para o Sebrae Like a Boss. Além de um projeto selecionado para o programa Startup & Maker, coordenado pelos professores do Campus Cacoal, Thiago Kaiser, Juliano Cristhian e Luiz Henrique Aguiar, e desenvolvido pelos alunos egressos do IFRO.

O Startup & Maker é um programa que seleciona startups e projetos makers para apresentarem suas ideias na área de exposições da Campus Party, objetivando destacar e impulsionar empresas e projetos inovadores com soluções tecnológicas. Já o Sebrae Like a Boss é um espaço de interação para startups de todo o país, que objetiva estimular empreendedores a pesquisar informações, expor seus projetos e buscar mentorias sobre negócios. 

“O fomento e apoio financeiro aos participantes está sendo feito parte por Edital da Reitoria, com o apoio do Campus Porto Velho Calama, e parte pelo Campus Ji-Paraná, que tem envidado grande esforço para que seus alunos e servidores participem anualmente”, afirma a pró-reitora de Extensão.

Fomento

Nos últimos anos o IFRO tem se destacado no cenário nacional por sua atuação e alto desempenho nas ações de empreendedorismo e inovação. “Entendemos que este sucesso deve-se ao desenvolvimento de uma política de fortalecimento dessas ações alinhada ao excelente desempenho e comprometimento dos nossos servidores e alunos, que não medem esforços para desenvolver o melhor em busca de soluções inovadoras para os problemas e desafios da sociedade rondoniense”.

Para o fomento ao empreendedorismo e inovação no âmbito do Instituto, as principais ações vão da atuação dos Núcleos de Inovação Tecnológica, na reitoria e nos campi, à criação da Rede de Incubadoras de Empresas (REDINOVA) com a implantação três incubadoras.

Há ainda publicação de editais de ensino, pesquisa e extensão e de fomento ao desenvolvimento de tecnologias sociais; práticas empreendedoras e criação de startups; realização da I Startup Weekend em Porto Velho e da I Startup Weekend Agrotech em Ji-Paraná; realização do programa Células Empreendedoras, com a finalidade de desenvolver competências de alunos e servidores para o empreendedorismo social; implantação do Programa Jovem Aprendiz; e realização do Projeto Empoderamento da Mulher, que objetiva a qualificação profissional de mulheres em vulnerabilidade social e sua inserção no mundo do trabalho.

E o fomento ao empreendedorismo e à inovação ainda é feito no apoio à participação de estudantes e servidores nas ações, de maneira a proporcionar uma formação integral, nas mais diversas áreas e segmentos, agregando conhecimento, ampliando possibilidades de parcerias, redes de contato e atraindo mídia e investidores para os mais diversos projetos de pesquisa, inovação e extensão tecnológica. “Com essas medidas, objetivamos transformar o IFRO em um ecossistema de inovação e empreendedorismo, promovendo o desenvolvimento socioeconômico sustentável, alinhado à realidade local, regional e nacional”, conclui Maria Goreth.

CPBR

Realizada anualmente desde 2008, a Campus Party Brasil é considerada o principal acontecimento tecnológico do país, uma vez que trata dos mais diversos temas relacionados à inovação. A principal cidade que sedia é São Paulo, tendo sido realizadas outras edições em algumas capitais do Brasil, a exemplo de Porto Velho, que recebeu em 2018 a primeira Campus Party da região Norte. Mundialmente, a Espanha foi escolhida em 1997, se expandindo para outros países posteriormente, reunindo milhares de cidadãos para um evento marcado por inovação, ciência, criatividade e entretenimento digital.

O evento é dividido em três áreas: a “Open Campus”, que é gratuita e traz Simuladores, Drones, Estandes de patrocinadores, MakerSpace, Startups & Makers, Educação do Futuro, Roboticampus, Campus Jobs e praça de alimentação. O segundo espaço montado é a “Arena”, onde é possível acompanhar palestras, Workshops, Hackathons, bancadas com internet de alta velocidade e três academias: Gamers, Developers e Creators. E a terceira área, também paga como a Arena, é a “Camping”. Nela está reservada ao camping, possuindo barracas, duchas, e um espaço wellness para cuidados com a saúde e bem-estar.

No evento realizado em Rondônia, o IFRO participou com cerca de 600 alunos e servidores. A Campus Party foi realizada no período de 1 a 5 de agosto na capital rondoniense. Todos os campi do IFRO se envolveram e contribuíram nas mais diversas atividades, desde alunos voluntários a servidores, que atuaram como mentores ou palestrantes. Além dessas participações o IFRO realizou competições de robótica, apresentou diversos projetos na Campus Future e Startup & Maker, ficando selecionado entre as primeiras colocações daquela edição.

Repercussão externa

Com as propostas aprovadas para a Campus Party Brasil 2019, o IFRO ganhou destaque nacional. Confira as matérias divulgadas sobre a participação na próxima edição da CPBR:

*Instituto Federal de Rondônia tem oito projetos selecionados no Campus para o Futuro –  TV Mec

*Instituto Federal de Rondônia, o Real Madrid da Campus Party –  Revista Istoé Dinheiro   

*Alunos do IFRO criam protótipo de roupa para segurança de ciclistas Programa Radiofônico Trilhas da Educação – Rádio MEC

*É isso mesmo. Dos 40 projetos selecionados para o evento, que faz parte da Campus Party Brasil 2019, em #SãoPaulo, oito são do IFRO - Instituto Federal de Rondônia e um do Instituto Federal de Roraima (IFRR) – Facebook Conif

*Tecnologia de RO para o Brasil: Alunos do IFRO apresentarão projetos na Campus Party – Jornal de Rondônia - 1ª edição   

*Ifro tem oito projetos selecionados no Campus para o Futuro – Jornal Diário da Amazônia

*Alunos do IFRO representam Rondônia na Campus Party Brasil – Canal SIC TV   

*Projeto robótico desenvolvido por adolescentes ganha destaque na edição Campos Party – Rede TV! Rondônia

*Instituto Federal De Rondônia, o Real Madrid da Campus Party – Rondônia ao Vivo

*Instituto Federal de Rondônia é destaque a nível nacional em tecnologia – Ariquemes Online

Fim do conteúdo da página