Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO sediará a próxima edição do Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação

Publicado: Terça, 04 de Dezembro de 2018, 15h00 | Última atualização em Terça, 04 de Dezembro de 2018, 15h00 | Acessos: 296

Apresentação PôsteresO encerramento do XII Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação (Connepi) lançou o convite para a participação na próxima edição do evento, a ser sediado pelo IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia). Em 2018, o Congresso ocorreu no Centro de Convenções de Pernambuco, em Recife, promovido pelos Institutos Federais de Educação Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) e do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), entre os dias 27 e 30 de novembro.

A candidatura do IFRO já estava posta desde a abertura do evento. Segundo a coordenadora do Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação (FORPOG/CONIF) e Pró-Reitora de Pesquisa no Instituto Federal do Pará (IFPA), Ana Paula Palheta, “foi uma grande alegria poder participar desse momento de abertura, justamente neste ano em que estamos tratando dos dez anos de pesquisa e inovação na Rede Federal. E já damos boa sorte para o Instituto Federal de Rondônia que vai sediar daqui a dois anos esse mesmo congresso, fazendo com certeza toda a diferença, impulsionando a pesquisa e a inovação no Norte para, quem sabe, possamos trazer mais e melhores resultados de acordo com o nosso cenário nacional”. Durante seu pronunciamento, Ana Paula recordou que há a necessidade de maior aporte à pesquisa e apoio aos arranjos produtivos locais por meio de polos de inovação tecnológica, em que o Nordeste possui somente três polos e o Norte ainda não possui nenhum.

“O CONNEPI é o espaço em que o Norte e o Nordeste mostram toda a força através da Rede Federal, então será um prazer receber a todos na XIII edição do Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação. No estado de Rondônia e em Porto Velho, nossa capital, vai ser um momento em que poderemos projetar o Instituto Federal de Rondônia para toda Rede e, especialmente, para o Norte e o Nordeste”, afirmou o Pró-Reitor da Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação do IFRO, Gilmar Alves Lima Júnior. Representando o Reitor Uberlando Tiburtino Leite na cerimônia de encerramento do XII Connepi, o Professor Gilmar fez o convite para que todos que estavam na plenária participassem do Connepi em Rondônia.

Em Pernambuco, a delegação de Rondônia era a maior entre os Institutos Federais do Norte.  O IFRO esteve representado por 43 alunos de todos os campi e mais de 25 servidores. Ao todo foram 83 trabalhos enviados e aprovados para apresentação em forma oral ou de banners. Mais dois trabalhos que concorreram na Mostra Tecnológica com outros Institutos Federais e também estavam na final do Programa Células Empreendedoras.

Por meio da apresentação de um vídeo institucional, o público conheceu um pouco sobre a cidade de Porto Velho e sobre o Instituto Federal de Rondônia (IFRO), que se prepara para receber o próximo Connepi. E na última etapa da programação da cerimônia de encerramento foram relembrados os melhores momentos da 12ª edição do evento, avaliadas as participações de todas as instituições e anunciados os trabalhos campeões das competições científicas.

Conforme dados do XII Connepi, nos quatro dias de eventos foram realizados 4.400 credenciamentos, apresentados mais de dois mil trabalhos, 11 minicursos, quatro mesas-redondas, envolvendo 250 avaliadores. "O Connepi se consolida como o maior evento de Pesquisa e Inovação da Rede Federal. Além de toda a programação científica, tivemos como destaque neste ano a reinserção do Connepi Cultural, que materializa a integração entre a pesquisa e a extensão que a gente tanto defende", anunciou o Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do IFPE, Mário Monteiro.

Vitórias

Para o IFRO o balanço foi mais que positivo. Entre os reconhecimentos para Rondônia está o primeiro lugar na mostra de pôsteres na grande área Linguística, Letras e Artes para o Campus Colorado do Oeste, em que o estudante Gabriel Fernando de Mello recebeu a medalha pelo trabalho “Práticas de ensino de técnicas circenses”.

Durante o Connepi, os representantes do IFRO ainda puderam fazer visitas técnicas, entre elas houve a ida ao Porto Digital, um dos principais parques tecnológicos do país, sediado em Pernambuco. Assim como ao Museu Espaço Ciência, instituição pertencente ao Governo do Estado de Pernambuco.

A cobertura da participação dos alunos e servidores do IFRO no Connepi 2018 pode ser conferida na página oficial do Facebook do IFRO e também na Página do Connepi.

Fim do conteúdo da página