Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Dia das Mulheres tem ação com servidores da reitoria

Publicado: Quinta, 08 de Março de 2018, 13h40 | Última atualização em Quinta, 08 de Março de 2018, 13h40 | Acessos: 604

 Dia das Mulheres na Reitoria 3

O Dia Internacional da Mulher, 08 de março, começou com uma ação especial na reitoria do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia). Na área de convivência, servidores participaram de roda de conversa sobre a história de lutas por melhores condições de vida e trabalho, empoderamento feminino, e outras questões relacionadas ao tema.

Ao abrir a reunião, a Diretora de Gestão de Pessoas, Débora Gonçalves de Lima, fez o seguinte questionamento aos presentes: “como transformar uma vontade em um objetivo?”, levantando a necessidade de definição do quanto um sonho é significativo para transformação em realidade.

A organização da atividade também realizou a exposição fotográfica “Mulheres”, com imagens captadas das servidoras em seus locais de trabalho. A Coordenação de Atenção à Saúde e Qualidade de Vida (CASQV) propôs a comemoração “de uma maneira diferenciada, trazendo uma reflexão profunda para o tema e de fato a história do dia e da luta de grandes mulheres”, afirmou a Coordenadora Karla Vivianne Araújo Feitosa Cavalcante.

A fala para os servidores do IFRO foi feita pela psicóloga do Tribunal de Justiça de Rondônia, Daniele Gonçalves, e abordou o lado histórico do surgimento da data e das lutas travadas para que a voz feminina tenha força na sociedade. Para ela, sem reflexão não se pode resolver o problema. “Precisamos ver de onde vem, com quem aprendemos a ser assim para poder fazer diferente. Eu quero um mundo melhor para minhas filhas, minhas sobrinhas e minhas amigas. Precisamos ver sempre o que dói, porque sabemos o que é ser mulher, e acredito que podemos fazer diferente. Para mim momentos como este são muito ricos”, resumiu Daniele.

Na avaliação da Coordenação de Atenção à Saúde e Qualidade de Vida, a atividade trouxe questionamentos e instigações. “Ela plantou uma sementinha em cada um de nós, para pensarmos um pouco mais no por que do dia e como fazer esse dia ainda mais marcante para a vida das mulheres. Todos os eventos que a CASQV vêm promovendo é também no intuito de gerar qualidade de vida no trabalho. Espero que todos tenham se sentido acolhido no espaço de estreitamento de vínculos”, reiterou Karla.

Para a servidora Nivan do Rosário, que todos os anos colabora na organização do Dia das Mulheres na Reitoria, “esta data para mim significa nossos direitos e conquistas, porque além de todos os dias temos o dia de hoje”.

A Técnica em Assuntos Educacionais, Janaina Kelly Leite, faz a reflexão de que “mais importante que ganhar lembrancinhas neste Dia Internacional da Mulher é realmente trazer à tona toda essa luta que é a vida das mulheres há séculos. Para mim é uma temática maravilhosa discutir sobre isso, porque eu sou mulher. E como foi visto hoje precisamos do conhecimento para libertar e nós nos libertamos e depois vamos em busca de que mais mulheres sejam libertas, por meio de lutas e de conhecimento mesmo”.

Jairo Tschurtschenthaler Costa comenta que a reunião foi um momento para “homens e mulheres entenderem a importância das mulheres, porque não é apenas esperar que elas conquistem seu espaço, é deixar que elas cheguem até lá. E a reflexão que precisamos fazer é que não podemos educar e atuar da maneira que fomos criados”.

Fim do conteúdo da página