Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO lança Plano de Desenvolvimento Institucional nos campi

Publicado: Sexta, 02 de Março de 2018, 12h39 | Última atualização em Sexta, 02 de Março de 2018, 12h44 | Acessos: 523

Reunião PDI no Campus Guajará 5

O Campus Guajará-Mirim abriu nos dias 26 e 27 de fevereiro os lançamentos locais do Plano de Desenvolvimento Institucional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (PDI/IFRO). Em ação desenvolvida junto com a PRODIN (Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional), o Campus Porto Velho Zona Norte recebeu a equipe na quarta-feira (28), o Campus Porto Velho Calama neste dia 02 de março, seguindo na próxima semana para os campi Colorado do Oeste, Vilhena, Cacoal e Ji-Paraná. No fim do mês de março a agenda será em Jaru e Ariquemes.

No Campus Guajará-Mirim, a solenidade de lançamento do PDI reuniu alunos, servidores, pais de alunos, representantes de ONGs como a Associação de Catadores de Produtos Recicláveis Nova Vida, do Comando de Fronteira Rondônia/6° Batalhão de Infantaria de Selva "Forte Príncipe da Beira" e da Universidade Federal de Rondônia. Foram apresentados a missão, visão, valores, os objetivos do IFRO, plano de ofertas de cursos e programação de obras para o Campus Guajará-Mirim no período de 2018 a 2022.

Segundo o professor do campus, Marcelo Holanda, ter ciência dos planos e ações futuras da instituição “permitirá acompanhar, cobrar e avaliar as ações do campus e, também, do IFRO como um todo. Sem dúvidas, é um excelente documento e que se traduz na transparência”.

A Diretora-Geral do Campus Guajará-Mirim, Elaine Carvalho, diz ver o PDI atual como um documento muito importante, “pela primeira vez comunidade local e campus puderam contribuir para a formulação do mesmo, e que ele já está servindo como norteador para o planejamento local, pois ele traz um resumo das observações colocadas pelo campus, auxiliando a gestão nas metas a serem alcançadas”.

Já na etapa de lançamento no Campus Porto Velho Zona Norte ocorreu a reunião com a equipe gestora, servidores e estudantes. A equipe da reitoria deve retornar para a reunião com acadêmicos da graduação, seguindo o objetivo de apresentar o planeamento estratégico e o fomento a gestão participativa, transparente, com controle social.

Segundo o Diretor de Planejamento, Leonardo Sousa Araújo, neste contato mais direto entre a equipe da PRODIN e as unidades do IFRO há uma comunicação efetiva da estratégia junto aos públicos que são importantes para a instituição. “Quando falamos com a comunidade, tentamos mostrar o que é o planejamento, quais são os objetivos do IFRO e qual o impacto daquele documento para aquele campus, de forma que isso fomente o controle social”, explica o Diretor. Quando se possui informações, é mais fácil para as pessoas contribuir, monitorar, ou mesmo solicitar cursos ou obras, já que o planejamento pode ser modificado ao longo de sua vigência (2018-2022).

São convidados para os eventos comunidade interna e externa, tendo em vista serem momentos importantes para fomentar a participação social na gestão. Além da reunião geral, é realizado um momento com a equipe gestora da unidade. “Tentamos mostrar o fluxo de execução do PDI e de acompanhamento das ações”, argumenta Leonardo. Na disseminação das informações, busca-se alinhar toda a gestão do IFRO em torno da execução do PDI: reitoria, campus e os diversos departamentos e setores.

Fim do conteúdo da página