Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Vilhena sedia atividade do Seminário de Estudos Linguísticos e Literários da UNIR

Publicado: Quinta, 14 de Dezembro de 2017, 19h36 | Última atualização em Terça, 27 de Março de 2018, 18h30 | Acessos: 774

Campus Vilhena 7

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, sediou no dia 07 de dezembro uma roda de conversa com o escritor Eduardo Martins. A atividade fez parte do Seminário de Estudos Linguístico e Literários (SELL) da UNIR Campus Vilhena.  Alunos do Ensino Médio da unidade, de escolas estaduais e municipais participaram do diálogo.

Eduardo Martins é poeta e professor de Literatura na UNIR de Porto Velho e tem vários livros publicados. Sua fala durante a conversa com os alunos baseou-se no livro “A palavra falta”. Segundo o poeta, a literatura “é um todo criado de subsistemas do conhecimento que formam diversos discursos. Estes discursos são as várias linguagens responsáveis pela formação humana”.

De acordo com a aluna Bruna Fonseca, do 2º ano do curso técnico em informática integrado ao ensino médio do IFRO, Campus Vilhena, “a presença do poeta Eduardo Martins contribuiu muito para o meu conhecimento sobre poesia. Eventos que proporcionam o saber da literatura são muito importantes, pois diversos alunos podem se inspirar a ler e a escrever, produzir livros”.

Conforme o professor Wilson, da Escola Estadual Maria Arlete, “o contato com o escritor de literatura desperta a sensibilidade para a leitura e a escrita”, e acrescentou que a conversa com o escritor despertou nele uma grande euforia, pois ampliou o universo da produção e o desejo de escrever.

O aluno Luís Fernando Pedral Pavanatto, do 2º ano da Escola Álvares de Azevedo disse que saiu satisfeito, pois se sentiu bem acolhido pelo IFRO. Para ele, “o poeta Eduardo Martins foi dinâmico e objetivo” e acrescentou dizendo que, a respeito de suas obras, o poeta “tem com as palavras a clareza na hora de se referir a elas”.

O evento foi importante, pois além da discussão sobre a literatura como forma de conhecimento sobre a linguagem, marcou mais uma ação do Campus Vilhena de diálogo com a comunidade externa, por meio de parcerias com outras instituições.

Fim do conteúdo da página