Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Representante da embaixada dos EUA faz visita ao IFRO

Publicado: Terça, 03 de Julho de 2018, 13h45 | Última atualização em Terça, 03 de Julho de 2018, 13h47

Reunião Embaixada EUA e IFRO 2

Em reunião realizada nesta terça-feira (3) na Reitoria do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), representantes do Instituto e da Embaixada dos Estados Unidos da América, em Brasília, falaram sobre possibilidades de colaboração na área de educação profissionalizante e superior. Veio a Rondônia o chefe do departamento de Educação, Cultura e Imprensa da embaixada dos EUA, Erik Holm-Olsen. Outro objetivo da reunião, além de estabelecer contatos, foi o de apresentar uma visão-geral da atuação da embaixada.

“Esta foi a minha primeira visita aqui em Rondônia e queria conhecer um Instituto Federal, eu sei que é um lugar de excelência na educação e temos possibilidade para cooperar. A educação é uma prioridade para nós, inclusive com ensino de inglês, e criando possibilidade para inclusão social. Por isso compartilhamos muitas metas e tem possibilidade de apoiar e criar programas de cooperação”, ressaltou Erik Holm-Olsen. Ainda segundo ele, o IFRO está na área de contato com as universidades situadas no distrito consular da embaixada, que inclui estados do Centro-Oeste e Norte do Brasil.

A Assessora de Relações Internacionais (ARINT), Laura Borges Nogueira, explica que o IFRO está aberto a propostas de cooperação com instituições norte-americanas, e para ações em conjunto. Como resultados, ela diz ficar “um diálogo muito mais próximo. Eles conheceram um pouco mais de nossa realidade, de nossas demandas, do nosso objetivo”. Sobre a possibilidade de construção em conjunto a partir da visita, a assessora afirma haver agora um “olhar mais voltado para o que precisamos em relação à parceria com os Estados Unidos e, principalmente, levando em conta o desenvolvimento do ensino da Língua Inglesa, que é a base para que outras ações possam ocorrer envolvendo ensino, pesquisa e extensão”.

Ao iniciar a reunião, foi apresentado um panorama sobre o IFRO e suas ações, que em 2017 alcançaram 259 projetos na área de pesquisa e outros 159 em extensão. Estiveram presentes na reunião o Reitor substituto, Carlos Henrique dos Santos, o Pró-Reitor de Ensino, Moisés Souza, e também os representantes das Pró-Reitorias de Pesquisa (Marcio Marinho) e de Extensão (Sergio Loss e Jairo Costa).

Em outras oportunidades, o Instituto Federal de Rondônia havia recebido e/ou realizado reuniões com a embaixada norte-americana. “Ao longo do tempo essa questão vai amadurecendo, porque estão cada vez mais abertos a ideias e a flexibilizar ações voltadas para cada região e estado”, conclui Laura Borges.

 

Fim do conteúdo da página