Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Ji-Paraná realiza II Encontro Pedagógico

Publicado: Terça, 12 de Junho de 2018, 11h46 | Última atualização em Quarta, 13 de Junho de 2018, 15h15 | Acessos: 274

Encontro pedagógico

Professores e equipe de ensino do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia), Campus Ji-Paraná, participaram do II Encontro Pedagógico. A atividade foi realizada no auditório do campus, no dia 29 de maio.

O encontro contribui para que a equipe do IFRO possa desempenhar suas atividades de forma exitosa, tendo em mente as diretrizes do IFRO. Na avaliação da Professora Andréia Mendonça dos Santos Lima, “participar desse encontro pedagógico foi muito edificante, pois além de ser um momento de formação ofertado pela instituição, foi uma ação que permitiu a reflexão e o aprendizado sobre nossas práticas docentes”.

As temáticas escolhidas foram Avaliação e Planejamento, contando com a contribuição do Professor da UNIR (Universidade Federal de Rondônia), Alberto Dias Valadão, que proferiu uma palestra sobre Avaliação da Aprendizagem. Já na Oficina Pedagógica, em parceria com o Campus Cacoal, o tema foi Planejamento de Ensino, realizada pelas Pedagogas Sirlei Leite Freitas e Andréia Paro do Nascimento.

“Eu acho muito interessante e válido, principalmente porque vêm profissionais que são colegas nossos de outros campi, que têm conhecimento e experiência. E até mesmo os nossos próprios técnicos administrativos do campus que também contribuem muito com as informações que passam. A minha formação é técnica, não é pedagógica, então muitos professores têm o conhecimento técnico, mas têm dificuldade de repassar as informações da melhor forma para os alunos, portanto, eventos assim têm que continuar e que nos próximos os professores apresentem novas demandas para capacitação, pois é muito válido e só tem a acrescentar na minha formação profissional”, afirma o Professor Walter Ferreira Siqueira.

Para Gleison Guardia, o encontro pedagógico foi uma oportunidade de analisar as práticas enquanto docente. Acredito que seja uma busca pessoal e se eu não estiver disposto a tal, ele terá pouco efeito sobre minha prática. “Quando vou aberto a aprender, aprendo e trago algo de novo e motivador para minhas vivências. O encontro promovido pela equipe do IFRO permitiu que eu refletisse muito sobre a construção de meu planejamento e plano de aula, onde na maior parte de sua elaboração, penso mais em como eu me sinto aplicando do que como o aluno se sente recebendo. Assim, meu plano tem dito mais sobre mim, do que sobre meu aluno, e isso eu preciso mudar imediatamente”, concluiu o docente.

Fim do conteúdo da página