Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Ji-Paraná conclui o Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão

Publicado: Domingo, 18 de Junho de 2017, 13h36 | Última atualização em Domingo, 18 de Junho de 2017, 13h38 | Acessos: 416

III SEPEX 2Entre os dias 12 e 14 de junho, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Ji-Paraná, realizou a terceira edição do Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão (III SEPEX). O evento teve como objetivo realizar programação sobre educação, tecnologia e sustentabilidade, compreendendo uma dinâmica de intercâmbio de conhecimentos, experiências e produções científicas de estudantes, professores e pesquisadores, na perspectiva de buscar a transformação da realidade do Estado de Rondônia, destacando a importância da conexão entre ensino, pesquisa e extensão nesse processo.

Dentro da programação do SEPEX, no dia 13 de junho, foram realizadas três atividades consecutivas: a III Feira de Estágio e Negócios, a Feira de Empreendedorismo e o IFRO Profissões. E no último dia (14), no período matutino, houve apresentação oral de artigos e no período vespertino apresentação de banners de resumos. Além da realização de uma Mostra Musical: do Erudito ao Popular, que contou com a apresentação dos alunos do IFRO, bem como da Orquestra Fontinele. Fernando Alves da Silva foi um dos avaliadores dos resumos, Para ele “a submissão de trabalhos é fundamental para oportunizar aos pesquisadores e comunidade momentos como este, uma vez que podemos apreciar e aprender com as pesquisas desenvolvidas na nossa região, bem como incentivar nossos pesquisadores a continuarem investindo nessa área”.

Durante todos os dias, o SEPEX contou com oficinas, minicursos e palestras. Dentre as palestras, a relacionada a "Incubadoras na rede IFRO" foi ministrada pelo representante da Pró-Reitoria de Extensão do IFRO, Jairo Tschurtschenthaler Costa. A Coordenadora de Integração Escola, Empresa e Comunidade do Campus Ji-Paraná, Ellen Vieira Pacífico Silva, analisa a importância de se levar informação a alunos e servidores quanto a parcerias entre o instituto e novos empreendimentos: “para quem tem uma ideia inovadora, mas não é possível arcar com essa possibilidade, nós abraçamos essa ideia e levamos adiante. Assim, a palestra de incubadoras serviu para explicar o seu conceito, seu funcionamento e apresentar os empreendimentos que já estão incubados no Campus Porto Velho Calama”.

Conforme Larissa Bernardo de Alencar Peixoto, do curso Técnico em Química de Ji-Paraná, “a realização do SEPEX foi um momento de interação entre os envolvidos, aprimorando e compartilhando o conhecimento de diversas áreas apresentada no evento. Além disso, contribuiu para minha formação, pois foi um momento onde eu pude me interagir com novas pessoas e também aprimorar meu conhecimento em diversos trabalhos que foram apresentados”. E a acadêmica do curso de Licenciatura em Química, Fabiana de Oliveira da Silva, avaliou que “os cursos oferecidos contribuíram para um melhor aperfeiçoamento dos conteúdos curriculares, pois foram passados de uma forma dinâmica e divertida atrelando teoria à prática. E sendo um curso de licenciatura são opções que podem vir a ajudar futuramente”.

Dois outros campi do IFRO estiveram presentes. No dia 13 o SEPEX contou com a presença de estudantes e servidores do Campus Avançado Jaru. E nos dias 13 e 14 estavam visitantes do Campus Guajará-Mirim, na qual alunos e servidores submeteram e apresentaram trabalhos. Bryan da Silva Moreira, que cursa o Técnico em Manutenção e Suporte a Informática do Campus Guajará-Mirim, afirmou que “o SEPEX me ajudou muito no meu currículo, pois é mais uma publicação de trabalho que possuo, além disso, aprendi bastante com os minicursos que tiveram nesses dias que ocorreu o evento”.

Fim do conteúdo da página