Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO e Sipam renovam convênio para oferta de estágio

Publicado: Quarta, 07 de Fevereiro de 2018, 09h51 | Última atualização em Quarta, 07 de Fevereiro de 2018, 09h54 | Acessos: 174

estágio4

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) e o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) assinaram o Convênio de Concessão de Estágio. Firmado neste início de ano, a vigência do novo termo é de cinco anos. Entre 2015 e 2017, foram mais de 50 estudantes recepcionados para estágio no Centro Regional de Porto Velho (CR-PV), nas áreas de Manutenção da Infraestrutura de Redes (15 alunos), Manutenção da Infraestrutura de Telecomunicações (15 alunos), Manutenção e Help-desk (7 alunos), Acompanhamento das atividades de manutenção de Banco de Dados e de Revisão de arquivos cadastrados  (15 alunos).

O Convênio de Concessão de Estágio, entre o Censipam e o IFRO possui grande relevância social, tendo em vista a possibilidade de “contribuir na capacitação dos estudantes, com a permanência de estagiários no Centro Regional de Porto Velho. Nós já recebemos várias turmas, inclusive de alunos do interior, não só da Capital, e é importante porque eles podem conhecer na prática o que farão na vida profissional”, afirma o gerente do CR-PV, Carlos Canosa.

“Os esforços da PROEX em firmar parcerias para concessão de estágios para os nossos alunos têm sido constante. Em 2017, por exemplo, firmamos nove parcerias com esse propósito, entre elas com a Unir, Seae, PGE, Ministério Público, Faculdade São Lucas, Senac, etc. Para nós o estágio obrigatório é uma etapa muito importante no processo de desenvolvimento e aprendizagem do aluno, porque promove oportunidades de vivenciar na prática o que ele já presencia na teoria”, comenta a Técnica em Assuntos Educacionais da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX/IFRO), Ândrea Francischini Leal.

O Censipam é um órgão específico e singular do Ministério da Defesa (MD). No convênio, os dois órgãos públicos objetivam a realização do estágio curricular supervisionado obrigatório não remunerado, nas dependências do Censipam. Para Ândrea, a renovação de um termo de convênio com o Censipam, por exemplo, é de grande gratificação, pois sabemos que nossos alunos estarão bem encaminhados, assim como em outros locais com os quais já temos termo firmado, significa que a parceria está dando certo, e isso é de grande satisfação e importância para o IFRO.

Os esforços acadêmicos, técnicos e científicos firmados no convênio abrangem os cursos técnicos profissionalizantes e de graduação do IFRO.  A área em que o Censipam abre oportunidades para o estágio obrigatório do IFRO é o da Tecnologia da Informação e Telecomunicações (TIC), já tendo recebido estudantes concluintes dos cursos técnicos em Informática, em Manutenção e Suporte em Informática e Especialização em Informática na Educação.

 “Quando escolhemos nossos parceiros para firmar um Termo de Convênio, o fazemos porque sabemos que os supervisores detêm o conhecimento técnico, com bons mentores e que levam o processo de estágio a sério, por isso é tão importante saber escolher nossos concedentes de estágio, visto que não queremos que o estágio seja utilizado apenas para realizar atividades operacionais, meramente para cumprimento de carga horária, pois não é essa a finalidade”, finaliza a representante da PROEX. 

Fim do conteúdo da página