Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO recebe visita técnica de presidente da Rede de Incubadoras de Empresas do Ceará

Publicado: Sexta, 12 de Janeiro de 2018, 18h42 | Última atualização em Sexta, 12 de Janeiro de 2018, 19h00 | Acessos: 243

Visita Técnica 2

Integrantes das Incubadoras de Empresas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campi Porto Velho Calama e Porto Velho Zona Norte, participaram na manhã de quinta-feira (11) de uma consultoria com a presidente da Rede de Incubadoras de Empresas do Ceará, Maria do Socorro Ribeiro da Silva.

Na pauta do encontro estavam: o fomento do empreendedorismo através das incubadoras de empresas, apresentação do projeto de implantação do Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Novas Tecnologias - NDT - CNPq na Incubadora de Empresas do IFCE - Campus Fortaleza, além das ações da Rede de Incubadoras de Empresas do Ceará - RIC.

“Tivemos um encontro bem promissor onde pude ver o potencial dos jovens empreendedores do IFRO, que estão ávidos para prosperarem nos seus empreendimentos. É através do fomento ao empreendedorismo que conseguimos estimular as capacidades empreendedoras que cada um tem, e a incubadora de empresas é um dos mecanismos para isso. No IFRO vi um ambiente promissor, inovador, totalmente preparado, para que o trabalho seja feito e compartilhado, e isso me deixa muito contente”, compartilhou Maria do Socorro. 

Maria do Socorro observou que as incubadoras do IFRO são mistas, atendendo empreendimentos de base tecnológica e empreendimentos dos setores tradicionais. “Vi que todas estão no caminho certo, com empreendimentos diversos e com potencial de crescimento, consolidação e inserção no mercado. Saio daqui muito gratificada pelo conteúdo visto e quero voltar e ver a evolução dos empreendimentos que conheci durante esta visita. As incubadoras estão de parabéns porque selecionaram empreendimentos que têm uma viabilidade técnica e econômica e estão ao alcance de todos”, destacou.

Durante reunião na Reitoria do IFRO, realizada na tarde de quinta-feira (11), o Reitor Uberlando Tiburtino Leite reforçou a importância da troca de experiências entre instituições. “O IFRO, juntamente com algumas instituições do Estado de Rondônia, está iniciando ações na área de incubadoras. A vinda da Maria do Socorro, que tem uma experiência muito significativa na incubadora de empresas do IFCE e também na rede de incubadoras do estado do Ceará, é uma oportunidade para que a gente cada vez mais consolide as nossas ações na área de empreendedorismo, quer sejam as incubadoras ou empresas juniores, mostrando experiências de sucesso para nossos alunos e também para a sociedade como um todo”, comentou.  

A experiência do Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Novas Tecnologias - NDT - CNPq na Incubadora de Empresas do IFCE - Campus Fortaleza também foi compartilhada durante a visita técnica.  “Dentro deste projeto nós conseguimos fazer um software de monitoramento e acompanhamento das empresas incubadas. Através dele conseguimos monitorar a empresa desde o seu início até a sua graduação, sua inserção no mercado, com informações sobre a área de atuação, quais são os sócios, os representantes legais, averiguando quais as capacitações que a empresa participou, como é que está o objeto maior delas, se a empresa está com foco maior no empreendimento, ou seja, tudo para monitorar a empresa incubada. Após a prestação de contas vamos licenciar esse software para todos os IFs que quiserem dispor desta tecnologia”, disse Maria do Socorro. 

Fim do conteúdo da página