Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

IFRO lança consulta pública sobre o Regulamento da Curricularização da Extensão

Publicado: Segunda, 04 de Dezembro de 2017, 18h35 | Última atualização em Quarta, 06 de Dezembro de 2017, 08h49 | Acessos: 399

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia lançou nesta segunda-feira (04) a Consulta Pública sobre o Regulamento da Curricularização da Extensão no IFRO.  Todos os servidores da instituição, em especial docentes dos cursos de graduação, podem colaborar com sugestões através do seguinte link até o dia 10 de dezembro.

O Regulamento das atividades de extensão nos Cursos de Graduação do IFRO atende à meta 12.7 do Plano Decenal de Educação. Esta minuta resulta dos trabalhos da Comissão instituída pela Portaria 1.483/2017/IFRO, com a colaboração dos docentes de todos os campi.

Segundo o presidente da Comissão, professor Sergio Francisco Loss Franzin, "[...] embora o documento já tenha sido discutido com os docentes dos Cursos de Graduação, esta é uma nova oportunidade de participação, inclusive a partir da versão atualizada após as contribuições dos envolvidos." Ele acrescenta que "[...] as visitas técnicas foram fundamentais para o amadurecimento das discussões sobre a Curricularização da Extensão no IFRO" e que "[...] o tema é de grande relevância, porque corresponde a um maior investimento em extensão e, consequentemente, a uma melhoria do processo de ensino-aprendizagem. Corresponde também a um maior comprometimento de setores e servidores, de modo que a participação para a melhoria do Regulamento é fundamental."

Meta 12.7

A meta 12.7 da Lei 13.005 (novo Plano Decenal de Educação, para 2014-2024), de 25 de junho de 2014, estabelece às Instituições de Ensino Superior “[...] assegurar, no mínimo, 10% (dez por cento) do total de créditos curriculares exigidos para a graduação em programas e projetos de extensão universitária, orientando sua ação, prioritariamente, para áreas de grande pertinência social”.

Comissão no IFRO

O Fórum dos Pró-Reitores de Extensão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica tem discutido o tema e apresentado algumas orientações sobre a extensão. Alguns Institutos Federais já estão regulamentando os processos de atendimento à meta. No IFRO, foi criada uma Comissão por meio da Portaria 1.483/IFRO, de 7 de agosto de 2017, com representantes docentes de cada campus, para a elaboração do regulamento. A Comissão preparou uma minuta, com base nos documentos do Fórum de Pró-Reitores de Extensão, no Plano Nacional de Extensão Universitária e em alguns regulamentos de referência na Rede. A minuta foi reformulada em uma oficina da Comissão realizada no dia 28 de outubro de 2017, no Campus Porto Velho Calama. Em seguida, passou por mais reformulações entre membros da Comissão e os docentes dos Cursos de Graduação de cada unidade, em um ciclo de visitas técnicas durante o mês de novembro de 2017.

Fim do conteúdo da página