Ir direto para menu de acessibilidade.

Rastro de navegação

Início do conteúdo da página

IFRO comemora 8 anos de criação

Publicado: Quinta, 29 de Dezembro de 2016, 15h02 | Última atualização em Sexta, 30 de Dezembro de 2016, 14h01 | Acessos: 2199

IFRO

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), comemora nesta quinta-feira (29) oito anos de criação.  A autarquia federal, vinculada ao Ministério da Educação (MEC), foi criada através da Lei Nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, que reorganizou a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica composta pelas Escolas Técnicas, Agrotécnicas e CEFETs, transformando-os em Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Atuando com 9 campi presenciais, 25 polos EaD e 176 polos EaD formalizados a partir de termo de cooperação com o Governo do Estado de Rondônia,  o IFRO oferta educação profissional e tecnológica e também atua na educação básica e superior, na pesquisa e no desenvolvimento de produtos e serviços em articulação com a sociedade.

Durante esses oito anos, o IFRO expandiu suas atividades na oferta de educação presencial e a distância (EaD), com mais de 7 mil  alunos formados em cursos técnicos profissionalizantes, integrados, concomitantes, e subsequentes ao ensino médio, cursos de formação inicial e continuada,  cursos de graduação nas áreas tecnológicas, licenciaturas e bacharelados, cursos de especialização Lato sensu. “Hoje somos referência no ensino de qualidade no estado de Rondônia. A população tem abraçado o IFRO e temos uma procura muito grande nos nossos cursos. Desde a época da Escola Agrotécnica Federal de Colorado do Oeste os pais têm procurado matricular os filhos para estudar na instituição, porque o IFRO prepara o aluno não somente para a vida acadêmica, mas também para o mercado de trabalho e para a vida”, destacou o Assessor do IFRO, Carlos Henrique dos Santos, que já atua na Rede Federal de Ensino há 20 anos.  

E a qualidade do ensino ofertado pelo IFRO, segundo a Pró-Reitora de Ensino, Maria Fabíola Santos, se deve entre outros fatores, às políticas de capacitação de servidores, à política de investimento na aquisição de equipamentos para laboratórios e salas de aula e às políticas de assistência estudantil. “Tudo isso faz com que tenhamos qualidade e o resultado podemos comprovar através do desempenho dos nossos alunos no Enem e no Enade e por meio da avaliação dos nossos cursos superiores, todos com nota 4”, apontou.

Atendendo às demandas regionais, o IFRO tem contribuído para o desenvolvimento de Rondônia, com a busca de inovações tecnológicas e a capacitação de profissionais em diversas áreas, como a agropecuária, principal setor produtivo do Estado. “Encontro muitos dos nossos ex-alunos atuando em órgãos ligados ao desenvolvimento agrário e no próprio instituto, o que comprova que a nossa missão é formar esse cidadão para que ele ingresse no mercado de trabalho ou siga seus estudos em cursos superiores, e que depois retorne e contribua com a economia do próprio estado. E com o aumento da oferta de cursos de nível superior, a tendência é que tenhamos mais profissionais contribuindo com o desenvolvimento regional”, explicou a Pró-Reitora de Ensino, Maria Fabíola Santos, que atua há 20 anos na Rede Federal de Ensino.

E para continuar crescendo e ofertando educação de qualidade para a população de Rondônia é necessário o planejamento das ações. “A administração pública precisa pensar em como ela vai levar ao cidadão o serviço público de qualidade, em como investir os recursos da melhor forma. Seguindo nesta linha, o IFRO oferece cursos que são agentes de transformação social para uma comunidade onde tem um campus ou um polo instalado, transferindo para a sociedade conhecimento e tecnologias que possam melhorar os arranjos produtivos locais e, principalmente, pensando a transformação da sociedade a partir de uma inclusão social por meio da educação, que prepara para o mundo do trabalho e para a cidadania”, ressaltou o Diretor do Planejamento do IFRO, Leonardo Araújo.

Fim do conteúdo da página