Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Colorado realiza 4º Dia de Campo de Pastagens e Forragicultura

Publicado: Sexta, 01 de Dezembro de 2017, 16h46 | Última atualização em Sexta, 01 de Dezembro de 2017, 17h01 | Acessos: 309

4 dia campo pastagens 109O 4º Dia de Campo de Pastagens e Forragicultura do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Colorado do Oeste, foi realizado no dia 25 de novembro de 2017. Participaram do evento cerca de 250 pessoas, entre produtores rurais, estudantes e profissionais da área agropecuária de Colorado do Oeste e região. O principal objetivo foi a transmissão de informações técnicas, teóricas e práticas, além da divulgação de trabalhos de pesquisas, com o intuito de contribuir com o desenvolvimento da cadeia produtiva pecuária de corte e de leite do Cone Sul do estado de Rondônia.

“Ficamos muito contentes nessa quarta edição do Dia de Campo de Pastagens e Forragicultura, pois atingimos um número enorme de participantes produtores rurais. Isso contribui grandemente para as nossas discussões durante o evento. Podemos também verificar que o que estamos pesquisando e trabalhando tem grande utilidade para esses produtores”, explica o professor de Ciências Agrárias do Campus Colorado do Oeste, Rafael Henrique Pereira dos Reis.

Durante o evento aconteceram palestras e atividades de campo em estações temáticas, incluindo a formação e manejo de pastagens intensivas; suplementação de bovinos a pasto; capineira de cana-de-açúcar e capim elefante; produção e silagem de milho e sorgo; plantas tóxicas de interesse pecuário; e integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) para recuperação de pastagens degradadas.

Contribuíram com a comissão organizadora do evento alunos, servidores e departamentos do Campus Colorado do Oeste. O dia de campo é um evento de extensão do IFRO que faz parte das atividades do Grupo de pesquisas Gefos (Estratégias de produção e conservação de forragem para a seca em Rondônia), Grupo de pesquisa Integra (Sistemas integrados de produção agropecuária na Amazônia Ocidental) e do Neppa (Núcleo de estudos e pesquisas em Produção Animal).

Fim do conteúdo da página